Edição anterior (2510):
quarta-feira, 22 de setembro de 2021
Ed. 2510:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2510): quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Ed.2510:

Compartilhe:

Voltar:


  Saúde

52% dos pequenos negócios do setor de Saúde tiveram redução no faturamento durante a pandemia  

 Sebrae Rio abre edital para micro e pequenas empresas que oferecem serviços no setor 

 

Foto: Imagem de Michal Jarmoluk por Pixabay 

A pandemia lotou os hospitais e alguns segmentos da saúde precisaram trabalhar muito mais para dar conta do atendimento. No entanto, os pequenos negócios que ofertam serviços neste setor, como clínicas, consultórios, clínicas odontológicas e pequenos laboratórios, precisaram se adaptar rapidamente para enfrentar as mudanças que a pandemia trouxe e muitos ainda não se recuperaram economicamente. É o que mostra uma pesquisa realizada pelo Sebrae Rio. Segundo a pesquisa, 52% dos pequenos negócios do setor de saúde tiveram redução do faturamento durante a pandemia. A pesquisa aponta ainda que 69,7% dos negócios estão funcionando com mudanças por causa da crise e 55,7% possuem dívidas ou empréstimos. É pensando neste público que o Sebrae Rio acaba de lançar um novo serviço: Projeto Sebrae - Serviços de Saúde, que vai selecionar 80 microempresas e empresas de pequeno porte para o programa, que terá 12 meses de duração. A inscrição pode ser feita pela página: https://conteudos.rj.sebrae.com.br/lp-servicos-saude-2021 

A expectativa média dos empreendedores do ramo é que a economia só deve voltar ao que era antes da pandemia, em junho de 2023. E são poucos os profissionais de saúde empreendedores que demonstraram otimismo. Apenas 9,7% veem na crise uma oportunidade, no entanto, 22,6% acreditam que o pior já passou e 30,3% acreditam que os desafios provocaram mudanças que foram valiosas para os negócios.   

“O projeto oferece a oportunidade que profissionais do setor aprimorem a gestão dos seus negócios, frente aos desafios impostos por esse novo cenário que favorecerá ainda mais as empresas com maior eficiência na gestão dos seus ativos, colaboradores e serviços”, comentou o analista do Sebrae Rio, Bruno Fernandes.  

O projeto tem foco no aumento da produtividade dos pequenos negócios do setor de saúde, por meio de ações que promoverão a melhoria da gestão empresarial, a qualificação dos empreendimentos, a utilização de novas tecnologias e o acesso ao mercado. A metodologia, que se desenvolve através capacitações coletivas e consultorias individuais, conta com Planejamento estratégico; Gestão financeira eficaz; Qualificação e adequação dos empreendimentos; Inovação e tecnologia em processos; Gestão de pessoas e talentos; Excelência no atendimento e na experiência do paciente; Transformação Digital; Marketing Digital para serviços de saúde; e Inteligência de mercado. Um total de 28 horas de consultoria individual e 21 horas de capacitações coletivas. As inscrições vão até o dia 30 de setembro e o Sebrae oferece 90% de subsídio.   



Edição anterior (2510):
quarta-feira, 22 de setembro de 2021
Ed. 2510:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2510): quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Ed.2510:

Compartilhe:

Voltar: