Edição anterior (2501):
segunda-feira, 13 de setembro de 2021
Ed. 2501:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2501): segunda-feira, 13 de setembro de 2021

Ed.2501:

Compartilhe:

Voltar:


  Covid-19

Imunossuprimidos começam a receber dose de reforço da vacina contra covid-19 na terça-feira (14)

Cadastro para este grupo foi  aberto no domingo no site da prefeitura

 

 

Foto: Imagem de Helena Jankovicová Kovácová por Pixabay 

 

De acordo com as orientações do Ministério da Saúde, imunossuprimidos podem receber a dose de reforço a partir de 28 dias após a aplicação da segunda dose.

A Prefeitura de Petrópolis abriu no domingo (12), cadastro para pessoas  imunossuprimidas (com baixa imunidade) receberem a dose de reforço da vacina contra a covid-19. Para preencher o cadastro a pessoa deve acessar o site da prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br) e clicar no banner “dose de reforço Imunossuprimidos”, que estará ao lado do link de cadastramento para primeira dose. A vacinação deste grupo será feita na terça (14/09) e quarta-feira (15/09), com opções de agendamentos em quatro diferentes pontos da cidade: Clube Palmeira, no Itamarati; Esporte Clube Magnólia, no Bingen; Centro de Saúde Professor Manoel José Ferreira, no Centro; e Parque Municipal, em Itaipava.

De acordo com as orientações do Ministério da Saúde, imunossuprimidos podem receber a dose de reforço a partir de 28 dias após a aplicação da segunda dose.

Até o momento, cerca de 2.300 pessoas com imunidade baixa foram vacinadas contra a covid-19 em Petrópolis. Fazem parte deste grupo pacientes com doenças renais crônicas em diálise, pessoa com câncer, pessoas que vivem com HIV, entre outras doenças que causam perda de imunidade. Para a aplicação da dose de reforço, no momento da vacinação é obrigatória a apresentação do comprovante de vacina, além de CPF, documento pessoal com foto e laudo médico.

“O cartão de vacinação é importante para que a equipe de vacinação verifique o tipo de vacina que foi aplicada anteriormente e possa conferir também a data em que a aplicação da segunda dose foi feita, garantindo que o prazo para receber o reforço está correto”, explica Aloisio Barbosa.



Edição anterior (2501):
segunda-feira, 13 de setembro de 2021
Ed. 2501:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2501): segunda-feira, 13 de setembro de 2021

Ed.2501:

Compartilhe:

Voltar: