Edição anterior (2506):
sábado, 18 de setembro de 2021
Ed. 2506:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2506): sábado, 18 de setembro de 2021

Ed.2506:

Compartilhe:

Voltar:


  Supera RJ

Créditos do Supera RJ ultrapassam R$2,5 milhões em Petrópolis

 Foram 124 contratos em 2021

 

Foto: Alcir Aglio

Priscila Torquato – especial para o Diário

A Agência de Fomento do Estado do Rio (AgeRio) aprovou entre os meses de janeiro e agosto deste ano um volume de crédito superior a todo o ano de 2020. Até o momento, foram disponibilizados R$ 156,6 milhões em operações para 8.762 empresas e empreendedores. Em Petrópolis , o volume de operações do Programa Supera RJ, que é a linha de crédito da AgeRio, totalizou R$2.680.446,00,em 124 contratos firmados desde junho desde ano.

 

Segundo divulgação da Agência no primeiro semestre deste ano o cenário projetado de prejuízo para 2021 já havia sido revertido. Os seis meses iniciais do exercício encerraram com lucro de R$ 11 milhões. Os resultados obtidos pela AgeRio são ainda mais relevantes quando se observa a gestão das empresas no Estado do Rio.

De acordo com dados da Serasa, em 2020, 1.621 estabelecimentos divulgaram suas demonstrações financeiras. O número representa 15% em comparação com o Estado de São Paulo, que possui 10.847 empresas que informaram os dados. Quando a referência é a base do país, ou seja, 27.191 estabelecimentos, os negócios fluminenses correspondem a 6% do total.

“Temos contornado uma dificuldade muito grande, que é a gestão das empresas. Isso é fundamental para concessão de crédito por meio de recursos públicos. O ano de 2021 segue tendência em virtude da pandemia, e alcançar esse resultado dentro desse contexto é desafiador”, ressalta André Vila Verde, presidente da AgeRio.

Ele destaca ainda que o diálogo constante com as secretarias, parcerias com órgãos e prefeituras fluminenses também tem ajudado na ampliação das ações e no fomento aos empreendedores e empresas de todo o Estado do Rio.

Sobre a AgeRio

A AgeRio é uma instituição financeira integrante da Administração Pública vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais, com autonomia administrativa e financeira. É autorizada a funcionar pelo Conselho Monetário Nacional por meio do Banco Central do Brasil.

A missão da empresa - que opera com recursos próprios, repasses e fundos estaduais - é fomentar, por meio de soluções financeiras, o desenvolvimento sustentável do Estado do Rio de Janeiro, com excelência na prestação de serviços. Os financiamentos são concedidos conforme critérios técnicos e por meio de decisões colegiadas. Todas as solicitações estão sujeitas a análise de crédito, que é determinante para estabelecer as condições de cada operação.



Edição anterior (2506):
sábado, 18 de setembro de 2021
Ed. 2506:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2506): sábado, 18 de setembro de 2021

Ed.2506:

Compartilhe:

Voltar: