Edição anterior (2448):
sábado, 24 de julho de 2021
Ed. 2448:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2448): sábado, 24 de julho de 2021

Ed.2448:

Compartilhe:

Voltar:


  Saúde

Pela primeira vez, desde fevereiro, ocupação de leitos de UTIs fica abaixo de 27% em Petrópolis


 

Wesley Fernandes - especial para Diário

A pandemia de coronavírus na Cidade Imperial parece estar perdendo força. Segundo dados divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde nesta sexta-feira (23), a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) disponibilizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) para pacientes infectados pela covid-19 é de 26,14%. É a primeira vez em cinco meses que o índice fica abaixo de 27% em Petrópolis. A última vez em que isso ocorreu, de acordo com os boletins epidemiológicos, foi no dia 11 de fevereiro.

O índice é alcançado após uma sequência de marcos significativos na alta de ocupação de leitos de UTIs, que chegou a atingir 99,07% no mês de março. Já entre os meses de abril e maio, esse número oscilou entre 80% e 70%, sofrendo importantes quedas a partir do início de junho. Também houve melhora significativa em relação às últimas duas semanas de julho, quando os índices estavam em 41,18% e 53,26%, respectivamente.

 “Não há dúvidas de que a vacinação é o principal instrumento para o controle da pandemia. O avanço da imunização vem refletindo diretamente nos números de atendimento e internações em função da covid-19, que caíram significativamente", destacou o prefeito interino, Hingo Hammes.

De acordo com o boletim epidemiológico dessa sexta, 88 pacientes infectados pelo coronavírus estão internados em toda a rede de saúde de Petrópolis, incluindo hospitais públicos e privados - 52 em UTIs e 36 em leitos clínicos.

“A eficácia da vacina vem se comprovando com a redução sustentada que observamos desde o início de junho nas demandas por atendimentos e internações de pacientes com covid. Os dados de óbitos, que também vêm caindo, sobretudo nas faixas etárias já vacinadas, é outro indicativo importante neste sentido”, comemorou o secretário de Saúde, Aloísio Barbosa da Silva Filho.

Desde 19 de janeiro, quando iniciou a imunização, Petrópolis já aplicou 198.239 doses, sendo 140.445 primeiras doses, 50.989 segundas doses e 6.805 doses únicas. Além de ter mais de60% da população vacinada com a primeira dose ou dose única, a cidade tem 23% dos moradores com a imunização completa. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), dos 306.678 petropolitanos, 242.058 fazem parte grupo com mais de 18anos.

 



Edição anterior (2448):
sábado, 24 de julho de 2021
Ed. 2448:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2448): sábado, 24 de julho de 2021

Ed.2448:

Compartilhe:

Voltar: