Edição anterior (2448):
sábado, 24 de julho de 2021
Ed. 2448:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2448): sábado, 24 de julho de 2021

Ed.2448:

Compartilhe:

Voltar:


  Polícia

Polícia Civil alerta para golpes do WhatsApp

 


 

O aplicativo Whatsapp tem sido cada vez mais utilizado por criminosos de diversas maneiras para aplicar golpes. A subtração da conta e a criação de perfis falsos são alguns dos métodos mais utilizados. Os golpistas desenvolvem diversas ações para clonar as contas de aplicativos de conversas. O objetivo é sempre o mesmo dos outros golpes, pedir dinheiro para os contatos em nome da vítima.

De acordo com o delegado Nei Loureiro, da 106ª DP (Itaipava), os petropolitanos precisam ficar atentos. As clonagens têm acontecido, principalmente, através de ligações telefônicas, onde os criminosos se identificam de várias formas, seja como funcionários de operadoras de telefonia celular e até mesmo de servidores de Vigilâncias Sanitárias e Ministério da Saúde com pesquisas relacionadas a covid-19 e agendamento da vacinação.

Antes de procurar uma delegacia para registrar a ocorrência, o primeiro passo é  denunciar o contato no próprio aplicativo e, em seguida, entrar em contato através do e-mail do suporte do Whatsapp (support@whatsapp.com) e informar o golpe. “A pessoa que teve o número clonado também precisa alertar o maior número de amigos e familiares, para evitar que caiam no golpe e enviem dinheiro aos criminosos”, diz o delegado.

Nei Loureiro também dá algumas dicas para que as pessoas não sejam vítimas e transfiram dinheiro. “Quando receber uma mensagem desse tipo, uma das maneiras de descobrir se é um golpe, basta a pessoa fazer uma chamada de vídeo. Se a ligação não for atendida, já é um forte indício de crime”, frisa, alertando, no entanto, que idosos e pessoas com menos contato com a tecnologia devem ser constantemente orientadas pois estão mais suscetíveis a caírem nas artimanhas e enviar as quantias solicitadas.

Embora os golpes de clonagem de contas de whatsapp estejam cada vez mais frequentes, o número de vítimas tem aumentado de forma considerável em todo o país. Em Petrópolis, não é diferente. Esta semana, por exemplo, o aplicativo do deputado estadual Rubens Bomtempo foi o alvo e amigos e parentes começaram a receber mensagens, como sendo do político, pedindo dinheiro.

Como a tentativa de golpe foi percebida rapidamente, a princípio, não houve danos financeiros para nenhum integrante da rede de amigos do deputado. A mensagem enviada à sua lista de contatos dizia “Bom dia! Consegue me fazer um favor? Fiz alguns pagamentos pela manhã e o meu limite de transferência excedeu. Consegue fazer pra mim? Amanhã te reponho”. Logo, o “truque” foi descoberto.

NÚMERO DE ESTELIONATOS QUASE DOBRA NA CIDADE

Esta semana, o Instituto de Segurança Pública – ISP divulgou os dados referentes ao primeiro semestre deste ano. No período, os casos de estelionatos dispararam na cidade. Entre janeiro e junho de 2021, foram registradas 416 ocorrências desse crime, o que representa um aumento de 88,2% na comparação com o mesmo período de ano passado.



Edição anterior (2448):
sábado, 24 de julho de 2021
Ed. 2448:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2448): sábado, 24 de julho de 2021

Ed.2448:

Compartilhe:

Voltar: