Edição anterior (1592):
quinta-feira, 21 de março de 2019
Ed. 1592:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1592): quinta-feira, 21 de março de 2019

Ed.1592:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Afundamento de pista preocupa moradores na Saldanha Marinho

Natália Rodrigues


 Em apenas 150 metros de extensão da Rua Edmundo Lacerda, na Saldanha Marinho tem três trechos que estão afundando e resultaram no surgimento de profundas crateras. Os transtornos iniciaram há três meses e a população teme ficar impedida de circular no local.

O engenheiro Jair Alves contou que no início os paralelos foram saindo ou afundando aos poucos, mas como não teve manutenção a situação se agravou. De lá pra cá, mais duas crateras surgiram e, a última, localizada em frente ao número 173 aberta há 15 dias e é a que mais preocupa.

- A rua começou a afundar há três meses foi quando a primeira cratera abriu, pensamos em fazer um bolo para marcar a data. Todas estão em péssimo estado, tem uma ao lado do bueiro que está crítica, outra abriu bem no meio da rua tivemos que colocar um pedaço de madeira para sinalizar, mas se nada for feito a qualquer hora não teremos mais passagem- disse.

Tanto Jair como outros moradores fizeram pedidos de reparos à prefeitura, mas não obtiveram sucesso.

 - Já ligamos e fizemos pedidos pessoalmente na Secretaria de Obras, inclusive um funcionário da Águas do Imperador que está trabalhando aqui na região fez contato com a prefeitura para relatar os riscos. A resposta que tivemos era de uma equipe viria ao local até a sexta-feira (15) da semana passada, mas foi em vão ninguém apareceu aqui – relatou.

O morador cobra urgência na realização dos serviços e denuncia que mais dos pontos têm riscos de afundar.

- A rua é curta e estreita em uma extensão de 150 metros tem três pontos que estão afundando e mais duas outras falhas estão a caminho e se nada for feito futuramente irão afundar – falou.

Questionada, a prefeitura respondeu que a Secretaria de Obras irá ao local para realizar uma vistoria e determinar as intervenções necessárias.

Indagamos a Águas do Imperador que em nota informou que equipes estiveram na rua citada fazendo manutenção na rede de abastecimento, mas não tem nada a ver com o afundamento da mesma. 



Edição anterior (1592):
quinta-feira, 21 de março de 2019
Ed. 1592:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1592): quinta-feira, 21 de março de 2019

Ed.1592:

Compartilhe:

Voltar: