Edição anterior (1523):
sexta-feira, 11 de janeiro de 2019
Ed. 1523:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1523): sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Ed.1523:

Compartilhe:

Voltar:


  Saúde

COMAC lança projeto para crianças e adolescentes com câncer, doença falciforme e outras doenças do sangue não contagiosas

 

Em 2019, a COMAC de Petrópolis completa 50 anos e para celebrar esta data, lança o projeto Vivências, cujo objetivo é atender crianças e adolescentes portadoras de câncer, doença falciforme e outras doenças do sangue não contagiosas, que estejam em tratamento médico ou alta médica, que passam (ou passaram) por longos períodos de internação e, por isso, encontram-se deprimidas pelo afastamento da família, dos amigos, da escola e de toda a rotina comum de uma criança ou adolescente. Estas questões trazem infelicidade à criança ou ao adolescente em tratamento, dificultando a recuperação, deixando o usuário mais debilitado. O projeto Vivências nasce para oportunizar espaços de vivências e saberes, somados à alegria das atividades a serem ofertadas.

Com capacidade para atender até 30 crianças e adolescentes, com idade entre 08 e 14 anos, o Vivências terá aula de dança, reforço escolar e cidadania, atuando de forma personalizada com cada aluno, respeitando os limites de cada um, um função do tratamento da doença, que os deixa debilitados. O foco principal do projeto é que as atividades realizadas possam fortalecer os vínculos familiares e comunitários, de forma a auxiliar no preparo e acompanhamento emocional durante e pós o tratamento hospitalar, seja ele oncológico ou não, além, de contribuir para o bem-estar físico e emocional das crianças e adolescentes assistidos, integrando-os ao ambiente escolar, quando os mesmos não estiverem com frequência em função do tratamento.

“Temos crianças e adolescentes com câncer aqui em Petrópolis que fazem tratamento na Capital. Temos também aqueles que possuem a doença falciforme, que também se deslocam para tratamento. Enfim, o projeto vem para falar de vida, não da doença, vem para estimular este aluno, em tratamento ou pós-alta com atividades lúdicas e educativas, além de assistir à família como um todo” disse Fernanda Ferreira, presidente da COMAC.



Edição anterior (1523):
sexta-feira, 11 de janeiro de 2019
Ed. 1523:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1523): sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Ed.1523:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior