Edição anterior (2091):
sábado, 01 de agosto de 2020
Ed. 2091:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2091): sábado, 01 de agosto de 2020

Ed.2091:

Compartilhe:

Voltar:


  Colunistas
Daniella Vita
COLUNISTA 
 

 

A MÚSICA SUPERANDO DESAFIOS

Neste momento tão raro e único que estamos passando, o valor da arte é incontestável. Para os alunos da Orquestra Nilton de São Thiago do bairro Nogueira, as aulas de música online têm sido muito importantes e produtivas, pois a música mantém em prática o corpo, a mente, e a sociabilidade. Essa atividade está sendo desenvolvida de forma brilhante e a interação e o estímulo dos pais merece nota 10. Enquanto uns reclamam, outros criam e mantêm parcerias para que a educação continue firme, contribuindo na formação dos alunos e na superação do isolamento. Os envolvidos estão de parabéns, Parceiros da Educação, Dra. Paula Vianna, prof. Aray Limonge, equipe gestora e a diretora da Escola Nilton de São Thiago Mª Eugênia.  


 Dir. Maria Eugênia Vianna, Dra. Celina, Fafá Brasil (a maestrina), Parceiros da Educação e alguns alunos.

 

PROJETO UBUNTU NO QUILOMBO

O antropólogo petropolitano, Bruno Hammes, que atua na Universidade Federal do Tocantins desde 2015, tem coordenado o projeto - Ação emergencial de extensão, assistência e prevenção ao covid-19 no norte do estado. Iniciativa em parceria com o MPT, FUNAI e Secretaria Especial de Saúde Indígena têm distribuído cerca de 1200 cestas básicas, 5000 kits de máscaras e álcool em gel e panfletos em português e traduzidos para as três línguas indígenas da região: Krahô, Karajá e Apinajé. “Esse projeto na comunidade quilombola do Grotão, município de Filadélfia- TO, nasceu da necessidade de desenvolver iniciativas que buscassem mitigar os impactos de uma situação de vulnerabilidade tão antiga quanto à história do país” – disse Bruno.


 Bruno Hammes

 

FESTIVAL DELLARTE ONLINE

Este ano o Festival de Inverno de Petrópolis e Friburgo, produzido pela Dellarte, será online entre os dia 5 e 9 de agosto com mais de 80 atrações em faixas específicas somando onze horas diárias. A programação será ancorada pelo compositor Tim Rescala e a violinista Priscila Rato, direto do estúdio no Rio convocando as apresentações de grandes artistas. Faixas como Meu Primeiro Festival, Concertos ao Meio-Dia, Da Serra, Diálogos Musicais, Dellarte Internacional, Concertos à Luz de Velas, Brasil Brasileiro e Jazz All Nigths trarão artistas como João Bosco, Roberta Sá, Zé Renato, Compania Antonio Gades, Cristian Budu, Trio Auarius, Sérgio Monteiro e muito mais. Segue o link: dellarte.com.br/festival


 José Renato

 

Daniella Vita entrevista – SANDRA DOS ANJOS

DV – Fale um pouco de você no pessoal e profissionalmente!

SA - Sou petropolitana, casada com Helio Oliveira (2º casamento), mãe de 2 filhas Ana Carolina publicitária e Ana Clara arquiteta. Meus hobbies são pintura abstrata, jardinagem e artesanato, amo cozinhar para a família e receber amigos. Sou kardecista e tenho na doutrina a crença da missão que cada um de nós traz para evoluir nessa caminhada chamada vida. Sou professora de língua inglesa, gestão de pessoas e coaching. Iniciei como professora na YES! Idiomas e Colégio Werneck onde lecionei por cerca de 10 anos.  Trabalhei no Estado do Rio de Janeiro como Coordenadora e supervisora em algumas unidades da rede YES e em 2016 assumi a unidade Petrópolis, na qual me realizo totalmente, focada na capacitação e crescimento profissional e sucesso de nossos alunos.

DV – Como tem sido para você administrar um curso de idiomas durante essa crise?

SA - Estamos em um momento no qual nem mesmo os mais pessimistas ousariam imaginar ou acreditar que poderíamos passar. E tudo é extraordinariamente inédito para todos. Aprendemos a viver cada momento e tivemos, mais do que nunca, que nos reinventarmos na tentativa de uma equalização financeira mediante tantos infortúnios. Acredito e valorizo o potencial do ser humano e a capacidade de cada cidadão para que o crescimento de nossa amada Petrópolis seja restabelecido progressivamente. Sejamos otimistas.

DV – Tem algo que queira dizer aos nossos leitores?

SA - Quando caminho por nossas calçadas me dou o privilégio de admirar nossa cidade, respiro a História do que nos torna tão especiais por sermos cidadãos petropolitanos. Vamos nos manter firmes e positivos com muita coragem para que em breve possamos mostrar os sorrisos novamente sem a necessidade das máscaras. Harmonia, paz e muita saúde em nossos lares e trabalho. Equilíbrio emocional e Fé!


 Sandra dos Anjos



Edição anterior (2091):
sábado, 01 de agosto de 2020
Ed. 2091:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2091): sábado, 01 de agosto de 2020

Ed.2091:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior