Edição anterior (2091):
sábado, 01 de agosto de 2020
Ed. 2091:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2091): sábado, 01 de agosto de 2020

Ed.2091:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Disque-Entulho passa de 10 mil coletas realizadas

Desde a reativação do serviço, 5,3 mil toneladas de resíduos foram recolhidas gratuitamente na cidade

 

Reativado pela prefeitura em 2017, o Disque Entulho já fez 10.591 atendimentos no período. Isso representa 5,3 mil toneladas de resíduos coletados na cidade e que tiveram a destinação correta – o aterro de Pedro do Rio. O programa faz o recolhimento gratuito de até 20 sacos com até 25 kg de entulho a partir de agendamento feito pela população.

O Disque Entulho ficou parado por quatro anos por ter sido considerado “custoso” durante a gestão anterior. A paralisação do programa prejudicou as famílias mais pobres, que gera uma quantidade menor de entulho, por exemplo, em pequenas obras em casa, e que tem mais dificuldade de dar destinação correta ao entulho gerado em pequenas obras.

“Muitas pessoas que procuram o Disque Entulho são as que tem consciência de que não deve jogar entulho em qualquer lugar, de que é necessário dar o destino correto ao entulho. E muitas vezes é caro e inviável contratar um caminhão para isso. Passar de 10 mil coletas mostrar como esse serviço fez falta enquanto ficou parado e a quantidade de resíduos que foi levado para o aterro de Pedro do Rio ajudou na limpeza da cidade”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

Uma dessas pessoas é a moradora do Centro, Eliane Ferreira. Ela já pediu o recolhimento algumas vezes e gostou do atendimento – desde o agendamento por telefone até a coleta do entulho em casa.

“Minha filha está fazendo uma reforma na casa, é um quebra-quebra, e com o Disque Entulho a gente consegue retirar esse entulho. É muito importante porque a gente sabe que está sendo levado para o lugar certo, sem prejudicar a natureza. Um caminhão que a gente vai contratar custa R$ 250, é inviável se tiver que pedir várias vezes, e a gente não tem como fiscalizar se está jogando em qualquer lugar. Esse serviço é excelente, o atendimento pelo telefone é muito bom, o pessoal que vem aqui em casa é muito atencioso, só posso elogiar”, disse.

Essa quantidade de entulho recolhido pelo programa ajuda a manter a cidade mais limpa.

“Nós temos um trabalho muito grande para a limpeza da cidade, com a coleta de lixo em dia e várias rotas de coleta de entulho nos bairros, tanto com as equipes da Comdep quanto com a Força Ambiental, que é coordenado pela SSOP (Secretaria de Serviços, Segurança e Ordem Pública). Mas é importante que as pessoas contribuam com a limpeza dos bairros e das comunidades. O Disque Entulho é gratuito, são 23 bairros atendidos normalmente, mas moradores de outros locais podem ligar que, se houver disponibilidade, também serão atendidos”, afirma o presidente da Comdep, Wagner Silva.

“O entulho, seja resto de obras, mato, móveis ou eletrodomésticos velhos, tem que ser levado para o aterro de Pedro do Rio, que é o local correto para o descarte, como determina o Código de Posturas. Em caso de flagrante, o responsável é intimado para fazer a limpeza imediata e pode ser multado em R$ 800. Para evitar isso, um dos caminhos é o Disque Entulho, que faz o recolhimento gratuito”, ressalta a secretária de Serviços, Segurança e Ordem Pública, Karina Bronzo. Para denunciar, é possível informar sobre a irregularidade para a Fiscalização de Posturas (2246-9043).

Como solicitar atendimento

O Disque Entulho atende rotas fixas ao longo da semana e outros locais de acordo com a disponibilidade da equipe de coleta. O agendamento pode ser feito pelo telefone 2243-7822 de segunda a sexta.

Com o dia marcado, o solicitante deve colocar o entulho na rota que o caminhão vai passar – ruas muito estreitas, por exemplo, atrapalham o acesso do veículo; nesse caso, o material deve ser colocado na rua principal. Isso pode ser feito com até dois dias de antecedência.

Outro cuidado é a quantidade de entulho. A coleta é de 20 sacos de até 25 kg cada – a medida é para preservar a saúde dos funcionários que fazem a coleta. Mais peso necessita de acionamento de um trator. 

Rota do Disque Entulho

Segunda-feira: Valparaíso, Centro, Caxambu e Morin

Terça-feira: Retiro, Carangola, Roseiral e Jardim Salvador

Quarta-feira: Bingen, Mosela, Quarteirão Brasileiro, Av. Barão do Rio Branco e Atílio Marotti

Quinta-feira: Quitandinha, Independência, Castelânea e Alto da Serra

Sexta-feira: Itamarati, Provisória, Floresta, Samambaia, Cascatinha e Estrada da Saudade



Edição anterior (2091):
sábado, 01 de agosto de 2020
Ed. 2091:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2091): sábado, 01 de agosto de 2020

Ed.2091:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior