Edição anterior (2095):
quarta-feira, 05 de agosto de 2020
Ed. 2095:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2095): quarta-feira, 05 de agosto de 2020

Ed.2095:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Moradores do BNH do São Sebastião pedem retorno de micro-ônibus

O coletivo encontra-se inoperante há cinco anos

Camila Caetano – especial para o Diário

 

Embora muitas pessoas não saibam, até meados de 2015, ainda operava no São Sebastião o micro-ônibus responsável por atender às pessoas que moram no BNH do bairro – também conhecido como Condomínio Parque Residencial Gustavo Ernesto Bauer. Além de atuar como um reforço junto às outras linhas que já operam na localidade, o mesmo facilitava a vida da população, visto que, com sua ausência, cidadãos precisam percorrer um trecho de aproximadamente 1 km a pé para conseguir pegar algum outro ônibus.  

O líder comunitário da região, popularmente conhecido como Roni do Gás, informa que, após pedidos de moradores, a associação solicitou aos órgãos responsáveis o retorno do mesmo. Contudo, foram informados de que não havia demanda capaz de justificar a volta da circulação do coletivo, apesar de 3.500 moradores (somente do BNH) se posicionarem a favor da ação.

- Muitas pessoas como idosos e deficientes físicos dependiam do coletivo, e todos pagavam passagem, pois, nele, não havia gratuidade. No BNH moram 5.000 pessoas e 70% delas querem que o mesmo volte a circular. Já solicitamos aos órgãos competentes, mas fomos informados de que não há demanda. Sem ele, cidadãos são obrigados a percorrerem um trecho de quase 1 km a pé. Queremos muito que esse micro ônibus volte a atender o nosso bairro – contou Roni do Gás.

A Petro Ita informou que a linha de ônibus 022 – São Sebastião x Centro (Executivo), que tinha como ponto final o BNH, não opera na região desde dezembro de 2016.

Desde então, a empresa passou a atender toda a localidade ofertando nove linhas de ônibus, beneficiando, não somente os moradores do BNH, como também os demais passageiros no entorno do conjunto habitacional.

Atualmente, desde o início da pandemia do coronavírus, a região está sendo atendida por seis linhas de ônibus, mesmo com queda acentuada na demanda de passageiros.

Mantendo oferta superior ao número de clientes, a localidade continua sendo atendida com frequência média de ônibus a cada 10 minutos. A Petro Ita segue com operação dinâmica, e está preparada para realizar ajustes pontuais, caso necessário. 

De acordo com a CPTrans, essa era uma linha executiva que foi cancelada em novembro de 2016. As antigas linhas executivas não são parte integrante do contrato de permissão, portanto fica a cargo das empresas avaliarem a viabilidade de manutenção do serviço. No caso especifico, a Viação Petro Ita avaliou que o serviço era inviável e optou pela extinção da mesma. Para retorno é necessário que haja consenso da operadora da linha. Todas as linhas que atendem o bairro passam em frente a entrada do BNH.  

A Petro Ita operava quatro linhas executivas (São Sebastião, Dr.Thouzet, Sargento Boening e Quitandinha). Todas elas foram encerradas ainda em 2016.

A empresa comprovou, por intermédio de documentação, a inviabilidade de continuar operando o serviço de executivos dentro dos BNHs



Edição anterior (2095):
quarta-feira, 05 de agosto de 2020
Ed. 2095:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2095): quarta-feira, 05 de agosto de 2020

Ed.2095:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior