Edição anterior (1794):
quarta-feira, 09 de outubro de 2019
Ed. 1794:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1794): quarta-feira, 09 de outubro de 2019

Ed.1794:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Petrópolis já inspira outros municípios com chamamento para substituição das charretes

 

Pioneira no país, a vitória elétrica – que está em fase de testes, assim como novos modelos de transporte turístico em substituição às charretes - já chama a atenção de outros municípios. Nesta terça-feira (08.10), a Turispetro recebeu o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Vassouras, Wanderson Farias, para troca de informações sobre o novo sistema que vem sendo implantado na cidade.

O encontro também reuniu a CPTrans e parte da comissão especial que acompanha os testes com modelos de novos veículos de turismo. Ao todo, 12 empresas se inscreveram no teste de operação. Até agora, cinco modais já passaram pelos testes. A medida foi tomada após o fim do uso dos cavalos para tração das charretes, que foi escolhido por 117 mil pessoas em um plebiscito. Após homologação do resultado pelo TSE, a prefeitura decretou a extinção da atividade, em março deste ano, e o assunto vem sendo repercutido em todo país.

“Nós percebemos o crescimento da cidade e, com isso, o aumento de turistas. Em Vassouras temos apenas o trenzinho e sentimos a necessidade de abrir para esses visitantes novas opções”, destaca Wanderson Farias, reconhecendo a ação inovadora em Petrópolis.

Para a diretora de turismo da Turispetro, Amanda Alvarez, o setor na Cidade Imperial cresce a cada dia e vem sendo reconhecido em todo o país. “Somos categoria A no Mapa do Turismo Nacional e a cidade tem se destacado no setor com o aumento de visitantes. Por isso, mesmo com o fim das charretes com tração animal é importante não deixarmos de oferecer o serviço de transporte turístico. E, sendo uma ação inovadora, outros municípios têm se interessado pelo nosso modelo”, explica.

“Temos certeza de que muitas cidades ainda vão entrar em contato conosco para troca de informações sobre o serviço”, completa explica Ellen Tardelli, assessora de projetos da PMP.

Vale lembrar que o Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) – que é o próximo passo da implantação do serviço após a realização dos testes – contempla preferencialmente a utilização da mão de obra dos antigos condutores das vitorias de tração animal.

“A CPTrans vem acompanhando todos os testes, vistoriando os veículos e suas adequações ao pavimento, à segurança – como o uso do cinto de segurança -, a resistência mecânica, entre outras funções”, acrescenta o diretor técnico operacional da CPTrans, Luciano Moreira. 

 



Edição anterior (1794):
quarta-feira, 09 de outubro de 2019
Ed. 1794:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1794): quarta-feira, 09 de outubro de 2019

Ed.1794:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior