Edição anterior (1586):
sexta-feira, 15 de março de 2019
Ed. 1586:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1586): sexta-feira, 15 de março de 2019

Ed.1586:

Compartilhe:

Voltar:


  Esporte

Professores participam de seminário sobre esporte paralímpico

Iniciativa é da Secretaria de Educação em parceria com o Comitê Paralímpico Brasileiro

 

As técnicas, regras e os benefícios das atividades físicas para os alunos que se enquadram na modalidade de atendimento especial foram o foco do primeiro dia de aulas teóricas e práticas do seminário "Corpo e Movimento: Diálogos Intersetoriais", promovido pela Secretaria de Educação em parceria com o Comitê Paralímpico. Professores de educação física e os que atuam nas salas de recursos multifuncionais participaram do primeiro dia de aulas realizado nesta quinta-feira (14.03) no Cederj.

As aulas terminarão na sexta-feira (15.03). “O apoio e parceria do Comitê Paralímpico com a Secretaria de Educação é um orgulho para a rede municipal. Agradecemos o empenho desses profissionais que fizeram questão de conversar com os nossos professores sobre o esporte paraolímpico, mostrando que as dificuldades existem, mas podem ser ultrapassadas e que os profissionais têm capacidade de colocar em prática algumas dicas. Tenho certeza que os alunos serão beneficiados após esse seminário”, disse a secretária de Educação, Marcia Palma.

Quando o evento foi lançado, os professores podiam se inscrever em uma das três modalidades disponibilizadas para aulas práticas e teóricas: atletismo, bocha e goalball. Mas, devido ao interesse dos profissionais, a Secretaria de Educação resolveu que todos os inscritos poderiam participar das aulas das três modalidades.

“Todos poderão participar das aulas teóricas e práticas sobre os esportes. Percebemos o quanto os profissionais estavam interessados e resolvemos aproveitar a disponibilidade do Comitê Paralímpico e abrir a participação das aulas das modalidades para todos”, afirmou a diretora do Departamento de Educação Especial da Secretaria de Educação, Bianca Paiva.

No primeiro dia de aulas teóricas e práticas os participantes puderam assistir um vídeo sobre as modalidades paralímpicas. “A ideia é mostrar os desafios, as particularidades dos esportes e provar que os alunos podem e devem participar de atividades esportivas”, disse Alexsandro Alonso, representante do Comitê Paralímpico Brasileiro.

Mauricio Manzini, professor de educação física, aprovou o seminário. “Experiência sensacional. As informações comprovam que podemos utilizar o conhecimento adquirido no seminário nas nossas aulas nas escolas. Eu presenciei uma mudança de comportamento, certa vez, de uma turma inteira por conta de um aluno especial. Nas aulas de educação física ele participava ativamente e os colegas passaram a acompanha-lo. Foi muito legal essa experiência. A turma toda unida e feliz com a inclusão. Nós que somos professores podemos e devemos estimular essas atividades”, contou.

Ellis Andriotti, também professora de educação física, parabenizou o interesse da prefeitura em promover a participação dos profissionais em seminários especializados. “Eu sou do Rio e não observamos muito esse tipo de atividade lá. Achei interessante a interação da Secretaria de Educação com o comitê a e alegria dos professores, compartilhando as suas experiências, tirando as dúvidas e já programando atividades diferentes com esses alunos”, afirmou Ellis.

A programação terá continuidade na sexta-feira com aulas teóricas e práticas no Cederj (Estr. Machado Fagundes, nº 326, Cascatinha). Os professores terão oportunidade de conhecer os fundamentos dos esportes: Atletismo, Bocha e Goalball.



Edição anterior (1586):
sexta-feira, 15 de março de 2019
Ed. 1586:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1586): sexta-feira, 15 de março de 2019

Ed.1586:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior