Edição anterior (1766):
quarta-feira, 11 de setembro de 2019
Ed. 1766:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1766): quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Ed.1766:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

 

 

Representantes do LNCC realizam protesto em prol da educação

Mobilização contra corte de verbas reuniu cerca de 100 pessoas na unidade

Leticia Knibel - especial para o Diário

Servidores e pesquisadores do Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC) realizaram, na manhã de terça-feira (10), uma manifestação em frente a unidade contra os cortes das bolsas do Capes e CNPq.

Cerca de 100 pessoas participaram do protesto, iniciado pelo representante dos servidores e professor do Laboratório, Luiz Gonzaga Paula de Almeida. "Junto com colegas do LNCC, e de outras unidades de pesquisa do estado, realizamos essa manifestação devido a suspensão de verbas destinadas a bolsas dos pesquisadores. A medida é cruel e prejudicial não só pelo lado humano e pessoal, mas também pelo científico, uma vez que diversos trabalhos serão afetados pela decisão do Governo Federal".

De acordo com Gonzaga, a mobilização tem como objetivo chamar a atenção das autoridades para sensibilizá-las sobre a importância da educação e do desenvolvimento científico no país, evitando assim, que os trabalhos ainda em andamento sejam suspensos.

- Ao todo, temos 80 bolsistas na unidade de Petrópolis, sendo 50 mantidos pelo CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico) e 30 alunos pelo Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior). Temos também outros estudantes de iniciação científica oriundos de outras unidades, como UCP e Estácio de Sá - destaca o professor.

Para Gonzaga, os mais prejudicados com os cortes de verbas são os bolsistas do CNPq, cujo repasso para o último trimestre de 2019 foi suspenso pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, ou seja, os beneficiários poderão deixar de receber os valores a partir deste mês. Na ocasião, Guedes ainda optou por não abrir mais vagas pelo Conselho.

Com relação ao Capes, o Governo decidiu cortar mais de 11 mil bolsas de mestrado, doutorado e pós-doutorado no mês passado, em todo país. Sendo que novos pesquisadores não serão aceitos este ano.

Vale ressaltar que na unidade de Petrópolis está localizado maior supercomputador da América Latina - o Santos Dumont, que é utilizado por pesquisadores de diversos países. O LNCC ainda é responsável por centenas de pesquisas em campos como saúde, tecnologia, meio ambiente, biologia, dentre outros.

 

  



Edição anterior (1766):
quarta-feira, 11 de setembro de 2019
Ed. 1766:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1766): quarta-feira, 11 de setembro de 2019

Ed.1766:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior