Edição anterior (1746):
quinta-feira, 22 de agosto de 2019
Ed. 1746:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1746): quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Ed.1746:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

 

 

Rua Doutor Hélio Bittencourt está totalmente abandonada

Conhecida como “Rua do Túnel”, a via possui crateras que ocupam boa parte do asfalto

Antônio Reuther

Os moradores da cidade que utilizam a Rua Doutor Hélio Bittencourt têm de enfrentar dificuldades. O asfalto possui, além de vazamentos de água, buracos que atingem grandes proporções, tomando boa parte da via e fazendo do local um trecho quase intransitável para veículos.

-É horrível de passar com qualquer carro. Já não são mais buracos, são crateras. A parte de antes da entrada do túnel é a pior. Além dos buracos serem enormes, sempre estão cheios de água – disse uma moradora, que utiliza a via com frequência.

Além da falta de manutenção na localidade, outro morador comentou também a respeito da segurança da rua. De acordo com ele, passar, durante a noite, pela região causa medo por ser um local estreito e sem visão por outros ângulos.

-Sempre morei em Petrópolis, mas nunca tinha vindo nessa rua. Passei de carro de noite e fiquei com muito medo. A rua é escura e está em um estado precário. Você entra nela por um lado e só tem visão do outro. Acho que isso deixa o lugar muito perigoso. Fora isso, também tem alguns trechos com entulho e muito lixo – disse.

Os pedestres também sofrem com o abandono à localidade. Ainda de acordo com o morador, quem transita a pé pela rua tem de enfrentar problemas com a água. Isso acontece tanto por conta dos buracos inundados, quanto dos vazamentos no túnel.

A Prefeitura informou que a Rua Dr. Hélio Bittencourt (Rua do Túnel) foi um dos locais atendidos pelo programa Mais Asfalto. Ainda assim, o local voltará a receber ações de manutenção viária pela Secretaria de Obras. A pasta também irá verificar a questão da tubulação entupida.

Sobre o entulho, disse que o serviço de remoção foi feito na semana passada, mas o local voltará a ser incluído na programação de serviços das equipes operacionais.

Cabe ressaltar que o despejo de restos de obras, mato, móveis e eletrodomésticos sobre ruas e calçadas é proibido pelo Código de Posturas do município. A destinação correta é levar o material para o aterro de Pedro do Rio. Quem for flagrado cometendo a irregularidade é intimado a fazer a remoção imediata e recebe multa de R$ 800.

A população pode ajudar a coibir o descarte irregular de entulho denunciando os casos para a Fiscalização de Posturas pelo telefone 2246-9042 e para a Comdep pelo 2292-9500. A Fiscalização de Posturas irá ao local para identificar os responsáveis pela irregularidade.

A Comdep oferece o serviço de recolhimento gratuito de até 20 sacos de entulho por meio do serviço Disque Entulho – os agendamentos podem ser feitos pelo telefone 2243-7822.



Edição anterior (1746):
quinta-feira, 22 de agosto de 2019
Ed. 1746:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1746): quinta-feira, 22 de agosto de 2019

Ed.1746:

Compartilhe:

Voltar: