Edição anterior (1704):
quinta-feira, 11 de julho de 2019
Ed. 1704:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1704): quinta-feira, 11 de julho de 2019

Ed.1704:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Semana de Formação no Contexto Inclusivo acontece até sexta-feira

Psicomotricidade para crianças com paralisia cerebral foi tema de encontro desta quarta-feira

 

Troca de informações e experiências positivas são o foco da Semana de Formação no Contexto Inclusivo que está sendo realizada pela Secretaria de Educação através do Departamento de Educação Especial. Os encontros ocorrerão até sexta-feira (12.07) na Casa da Educação Visconde de Mauá e no Centro de Cultura Raul de Leoni. O assunto abordado nesta quarta-feira (10.07) foi a psicomotricidade e as suas contribuições no atendimento dos alunos.

“A Semana foi organizada pelo Departamento de Educação Especial justamente para promover essa interação com os professores que atuam nas salas de recursos multifuncionais. Agradeço a participação dos profissionais que estão compartilhando seus conhecimentos”, afirmou a secretária de Educação, Marcia Palma.

O tema “Contribuições da psicomotricidade para crianças com paralisia cerebral” foi ministrado pela professora doutora Marcia Barçante Ladvocat, profissional da rede municipal de Educação. “A semana busca auxiliar os professores que atuam diretamente com os alunos que precisam de uma atenção especial. A paralisia cerebral pode contribuir para limitações no perfil de funcionalidade da pessoa, mas, isso não significa que o aluno não consiga realizar ações e o papel do professor na orientação e estimulação dessa criança ou jovem é imprescindível para se conseguir bons resultados”, explicou Marcia Ladvocat, que doutora e mestre em educação e especialista em psicomotricidade.

Aproximadamente 70 profissionais têm participado dos encontros durante a Semana de Formação no Contexto Inclusivo. “A contribuição desses profissionais é realmente muito importante. Além de professores de Petrópolis, estamos recebendo servidores de cidades vizinhas como Areal, Miguel Pereira e Três Rios, nessa troca de saberes”, contou Kelly Grandi, do Departamento de Educação Especial.

Confira a programação:

11 de julho - 9h - Vivências Sensoriais - Professora Doutora Clévia Fernanda Sies

Local: Casa da Educação Visconde de Mauá

12 de julho - 9h - Libras na escola: ludicidade e diversão no processo de aprendizagem - professora mestre Nathália Quintella Suarez

Local: Casa da Educação Visconde de Mauá



Edição anterior (1704):
quinta-feira, 11 de julho de 2019
Ed. 1704:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1704): quinta-feira, 11 de julho de 2019

Ed.1704:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior