Edição anterior (1737):
terça-feira, 13 de agosto de 2019
Ed. 1737:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1737): terça-feira, 13 de agosto de 2019

Ed.1737:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Sinalização de trânsito da Estrada Philúvio Cerqueira precisa de reparos

Faixas de pedestre apagadas e quebra-molas desgastados já causaram acidentes, segundo moradora

Antônio Reuther

Uma moradora da Estrada Philúvio Cerqueira informou que a sinalização de trânsito na via necessita de reparos. De acordo com ela, a faixa de pedestres está apagada e o quebra-molas desgastado, o que já foi motivo para a ocorrência de acidentes, visto que o local possui escolas nas proximidades.

Raquel da Silva Abreu, a residente, contou que já foram feitas solicitações à CPTrans, exigindo a readequação da sinalização no trecho em frente à Escola Municipal Doutor Paula Buarque. Raquel disse que, em junho, houve um atropelamento no local e, desde então, outros acidentes ocorreram já ocorreram.

-Até a própria escola já fez um pedido para melhorarem essa sinalização. Em junho, houve um atropelamento nessa faixa. Estamos tentando a rever a sinalização, já há algum tempo para evitar mais acidentes. Esse quebra-molas já perdeu a pintura e está desgastado, quase invisível. Está muito perigoso – informou Raquel.

Raquel ainda comentou sobre o estacionamento irregular. Segundo a mesma, em horários de saída de escola, veículos ficam estacionados em locais que ocupam parte da calçada, não havendo fiscalização da CPTrans, o que prejudica o trânsito dos pedestres.

-Os carros que ficam parados na calçada prejudicam demais a passagem dos pedestres. É o único lugar que temos para passar. Somos obrigados a passar pelo meio da rua e dividir o espaço com os veículos. Nos horários entre 11h e 13h a situação se agrava ainda mais – disse Raquel.

A equipe da CPTrans informou que já havia verificado a demanda e uma equipe irá ao local providenciar os reparos ainda nesta semana. Sobre o estacionamento, a fiscalização será intensificada no local. É importante, no entanto, que a população denuncie a irregularidade no ato pelo 156 para que os agentes façam o flagrante e tomem as devidas providências. 



Edição anterior (1737):
terça-feira, 13 de agosto de 2019
Ed. 1737:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1737): terça-feira, 13 de agosto de 2019

Ed.1737:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior