Edição anterior (2128):
segunda-feira, 07 de setembro de 2020
Ed. 2128:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2128): segunda-feira, 07 de setembro de 2020

Ed.2128:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

A faixa é do Pedestre! E a faixa de Pedestre em frente ao  BAUHAUS

Frei Rinaldo Aparecido Santiago,OFM/Foto – Tribuna de Petrópolis

Desde criança na escola nos é ensinado às três cores no transito. Verde, passe, Amarelo Atenção e vermelho não Passe, mesmo na faixa.

Também nos é dito para atravessar sempre na faixa.

POIS A FAIXA É DO PEDESTRE!

Um pedestre não pode jamais em hipótese alguma, ser atropelado na faixa, pois a faixa é a sua segurança. Está ali justamente para lhe indicar que nela pode atravessar com calma.

Em frente ao Bauhaus extensão existe uma faixa de Pedestre bem clara e sinalizada que todos podem ver, pedestres e motoristas.

Quantas vezes estou eu, e outras tantas pessoas tentando atravessar aquela faixa que por lei é nossa, existe por causa de nós, é nossa segurança.

Mas pergunto: eu e também perguntam todos os dias as pessoas que por ali transitam. Como atravessar? Posso atravessar? São perguntas que tem como resposta única o barulho e a velocidade dos carros e motos nos lembrando de que caso eu não queira morrer ou ir parar no Santa Teresa levado pelo corpo de bombeiros devo permanecer imóvel até que uma boa alma acenda os faróis e me sinalize que eu posso atravessar em segurança.

Ali, naquele local há uma ligação entre os dois lados do shopping. No Bauhaus extensão existem lojas comerciais, escritórios, clinicas médicas, laboratórios, cafés, local onde se pode comer alguma coisa. Comprova se então, que há um grande fluxo de pessoas de um lado para outro. Principalmente de pessoas idosas.

Petrópolis é uma cidade turística e como tal deveria presar por seu sistema de trânsito.

Ali, naquele local deveria existir uma travessia elevada como existe ao lado da Praça da Liberdade ou na Avenida do Imperador.

Por falar em Avenida do Imperador, os carros não param na rua em frente ao Bauhaus, pois saem da Avenida do Imperador numa velocidade assombrosa, derrubando tudo que encontram pela frente. A faixa para ele são apenas riscos não chão, a vida humana não vale nada, vezes nada.

É bom sempre lembrar que A FAIXA É DO PEDESTRE. Foi feita por causa do PEDESTRE. Está ali para proteger o PEDESTRE.

Senhor Motorista: Pare na faixa, pois na vida somos todos Pedestres e a faixa é do PEDESTRE.

Fica aqui meu desabafo junto aos meios de comunicação e junto à administração Municipal, à Secretaria de Serviços Urbanos, Ao Ministério Público e à Promotoria e enfim a todas as autoridades que tem obrigação de zelar pelos mais fracos.

Pois um governo governa para todos.

Por favor, você que acabou de ler esta mensagem e é indignado com o nosso trânsito, por favor, compartilhe.

 Frei Rinaldo Aparecido Santiago,OFM

Petropolis, RJ- 05/09.2020



Edição anterior (2128):
segunda-feira, 07 de setembro de 2020
Ed. 2128:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2128): segunda-feira, 07 de setembro de 2020

Ed.2128:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior