Edição anterior (1488):
sexta-feira, 07 de dezembro de 2018
Ed. 1488:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1488): sexta-feira, 07 de dezembro de 2018

Ed.1488:

Compartilhe:

Voltar:


  Mulher

Alunos da rede municipal participam da Campanha ‘16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência Contra Mulher’

O Cram realizou palestras de conscientização para 200 estudantes

 

“Estamos muito felizes com esses dias de ativismos que trabalhamos na rede escolar municipal. Conseguimos atingir nosso objetivo de plantar a sementinha da conscientização pelo fim da violência contra mulher. Tivemos oportunidade de ter contato direto com os alunos, apresentando a eles todo o trabalho que o Centro de Referência de Atendimento à Mulher (CRAM) realiza no município”. Foi assim que a coordenadora do CRAM, Cléo De Marco definiu as ações realizadas pela equipe que é subordinada ao Gabinete da Cidadania, durante a Campanha “16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência Contra Mulher”.

As palestras aconteceram nas escolas Liceu Carlos Chagas, na Av. Barão do Rio Branco; EM Abelardo De Lamare, no Caxambu; EM São João Batista, no Duarte da Silveira e Escola São Judas Tadeu, na Mosela. As quatro unidades de ensino, reuniram mais de 200 crianças entre 11 e 18 anos para participarem da Campanha que acontece em todo o mundo uma vez por ano.

O objetivo foi mobilizar o público jovem para o fim da violência contra mulher e reforçar as ações de proteção, além da importância de denunciar e chamar a atenção da sociedade para os fatores que naturalizaram a agressão das mulheres, em especial, por companheiros, pais e parentes próximos.

“As ações foram importantes para que as crianças entendam o que é a violência contra mulher e como os órgãos municipais trabalham para atender essas vítimas. Foram palestras educacionais, onde os alunos interagiram e aprenderam que essa violência precisa acabar. A rede está muito feliz com essa parceria com o CRAM atuando também na sala de aula”, destacou a secretária de Educação Márcia Palma.

O Cram realiza orientação jurídica, acompanhamento social e psicológico e trabalha em parceria com as delegacias de Petrópolis para atender à mulher em situação de violência – seja ela moral, verbal, patrimonial, física ou sexual.

“Eu gostei muito da palestra, pois vai nos ajudar a escolher uma pessoa boa para a gente se relacionar. Tiramos dúvidas também sobre a violência doméstica e tinha alguns comportamentos que eu nem sabia que era violência”, contou a aluna da EM Abelardo De Lamare Yasmin Santiago.

Para denunciar ou solicitar informações, pode ligar para o telefone 2243-6152 ou comparecer à sede do Cram, na Rua Santos Dumont, número 100, no Centro. O funcionamento é de segunda a sexta, de 8h às 17h. Em casos de emergência, a mulher pode ligar em qualquer horário para o número (24) 98839-7387, disponibilizado pelo órgão. Caso se sinta violentada de alguma forma, a mulher pode contatar a Polícia Militar pelos números 2291-5071, 2242-8005 ou 180, além de poder contatar via WhatsApp a emergência da Polícia Militar, pelo número (24) 99222-1489.

Campanha ‘16 Dias de Ativismo pelo fim da Violência Contra Mulher’

Mais de 160 países já aderiram à Campanha que teve sua primeira edição em 1991 e em 2003 no Brasil. As ações acontecem simultaneamente com a participação do poder público e da sociedade civil em prol da conscientização pelo fim da violência de gênero. O intuito é chamar a atenção da sociedade para os fatores que naturalizaram a agressão das mulheres, em especial, por companheiros, pais e parentes próximos. Além disso, mobilizar e conscientizar a população para que denuncie todos os tipos de violência praticados contra meninas e mulheres no Brasil e no mundo. A Campanha começou no dia 25 de novembro - Dia Internacional da Não Violência contra a Mulher, e vai até 10 de dezembro -  Dia Internacional dos Direitos Humanos.



Edição anterior (1488):
sexta-feira, 07 de dezembro de 2018
Ed. 1488:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1488): sexta-feira, 07 de dezembro de 2018

Ed.1488:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior