Edição anterior (1438):
quinta-feira, 18 de outubro de 2018
Ed. 1438:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1438): quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Ed.1438:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

Banco de Sangue Santa Teresa está com estoque 65% abaixo do ideal

Em estado crítico, local necessita da doação de todos os tipos de sangue

Vitor Garcia – Especial para o Diário


 O estoque do Banco de Sangue Santa Teresa está em estado crítico. Isso, porque a meta diária de doações não está sendo atingida conforme o necessário. Precisando de 80 voluntários, o local está recebendo uma média de apenas 35 doações por dia. De acordo com captadores, o banco está necessitando de todos os tipos de sangue, já que o estoque se encontra 65% abaixo do ideal há alguns dias.

Para o captador Rodrigo Moreira, a baixa nas doações pode estar ligada, principalmente, às baixas temperaturas das últimas semanas. Entretanto, a demanda transfusional não acompanhou a queda.

- Precisamos retomar o movimento para manter o estoque saudável, o mais rápido possível. Possuímos as pendências consideradas normais, como por exemplo, as 650 transfusões mensais. Além disso, temos que ter o suficiente para atender as variáveis, como em casos de acidentes, tragédias, entre outros – disse.

O sangue coletado ajuda a salvar vidas de pacientes tanto do SUS quanto da rede particular. São pessoas atendidas em prontos-socorros e nos hospitais Santa Teresa e Unimed, além de pacientes encaminhados pelas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento), que dependem dessas doações todos os dias.

- Se não recuperarmos essa queda grande nas doações, o Banco de Sangue pode chegar  a uma situação crítica ao extremo. Por esse motivo, estamos organizando campanhas com instituições, além dos times de futebol – contou.

 

Campanhas

Começa hoje, a 13ª edição da campanha Botasangue. Até o dia 3 de novembro, o apoio da torcida do Botafogo visa conscientizar os doadores em um momento crítico do estoque. Os primeiros doadores serão presenteados com um brinde exclusivo.

Em paralelo, a terceira campanha “Católico Sangue Bom”, iniciada na última sexta-feira (5), continua a todo o vapor. A iniciativa visa convidar os fiéis das igrejas de Petrópolis para o ato de solidariedade ao próximo.

 

Doação

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), somente 1,8% da população brasileira entre 16 e 69 anos doa sangue, quando o ideal seria uma taxa variável entre 3% e 5%. Doar é simples, rápido e seguro. Aos que quiserem ajudar a mudar essa realidade, basta estar em boas condições de saúde e pesar mais de 50 quilos.

Além disso, o doador não pode estar em jejum e é preciso esperar três horas após o almoço ou a ingestão de alimentos gordurosos. No local, basta apresentar um documento oficial com foto e ter entre 16 e 69 anos (menores de idade precisam de autorização e estar acompanhados por um responsável). O voluntário não pode ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação.

Restrições

Quem tiver feito tatuagem ou colocado piercing, precisa aguardar 12 meses após o procedimento. Já para quem colocou piercing na língua ou na região genitália, precisa aguardar 12 meses após a retirada. Para endoscopia ou processos endoscópicos, são necessários seis meses.

Para doar basta comparecer ao Banco de Sangue Santa Teresa qualquer dia da semana, inclusive aos sábados, domingos e feriados, das 7h às 18h. A unidade está localizada no térreo do Hospital Santa Teresa, na Rua Paulino Afonso, 477, bairro Bingen. O local possui estacionamento para doadores. Informações podem ser adquiridas pelos telefones (24) 2245-2324 ou (24) 99269-4355.



Edição anterior (1438):
quinta-feira, 18 de outubro de 2018
Ed. 1438:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1438): quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Ed.1438:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior