Edição anterior (1516):
sexta-feira, 04 de janeiro de 2019
Ed. 1516:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1516): sexta-feira, 04 de janeiro de 2019

Ed.1516:

Compartilhe:

Voltar:


  Polícia

Bandidos assaltam padaria na Mosela

Ladrões levaram todo o dinheiro do caixa e agrediram funcionário

 

A Polícia Civil está em busca de pistas que ajudem a identificar três homens que, durante o fim de semana, agrediram um funcionário e assaltaram a Panificação Figueirinha, localizada na Rua Mosela. O valor do prejuízo não foi divulgado, porém, os ladrões levaram todo o dinheiro que estava no caixa do estabelecimento. A padaria conta com câmeras de segurança, que podem ajudar nas investigações.

Os assaltantes ocupavam um veículo modelo Corsa Sedan, cinza e agiram rapidamente. Apenas dois deles entraram no local, enquanto o terceiro permaneceu ao volante do carro, para agilizar a fuga, mas ninguém teria conseguido anotar a placa. Eles chegaram à padaria pouco depois das 20h, renderam os funcionários e agrediram um deles com tapas no rosto.

Os dois bandidos foram direto para o caixa e apanharam o dinheiro que estava  na gaveta. Toda a ação teria durado menos de dois minutos. O trio fugiu, mas os funcionários não perceberam qual direção seguiram. Policiais Militares chegaram instantes depois, realizaram diligências, mas não conseguiram localizar os suspeitos e tampouco o carro usado no ataque.

Segundo o funcionário, o dinheiro que estava no caixa ainda não tinha sido contabilizado. Enquanto a ocorrência era registrada na delegacia do Retiro, policiais militares fizeram  patrulhamento na região, porém não conseguiram localizar o veículo. 

Número de roubos ao comércio cresceu 26%

De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), houve um aumento de 26% no número de assaltos a estabelecimentos comerciais entre janeiro e novembro de 2018, na comparação com o mesmo período de 2017. No acumulado de onze meses do ano passado, foram 38 casos. Já no mesmo período de 2017, foram registradas 30 ocorrências nas delegacias policiais da cidade.

Novembro, último mês com os dados do ISP disponíveis, foi o período com o maior número de casos deste crime no ano - foram nove casos. Foi o segundo mês de alta: em outubro, houve quatro ocorrências; e em setembro, apenas uma.

Os casos têm sido frequentes. No último dia 26 de dezembro, uma quadrilha especializada em atacar supermercados assaltou o Green Fruit, localizado na Rua General Rondon, no Quitandinha. Foram levados R$ 36 mil em dinheiro, que estava no cofre, além de gêneros alimentícios e bebidas.

Quinze dias antes, a filial do Extra no Alto da Serra foi alvo dos bandidos, mas a ação criminosa não se concretizou. Seis homens armados invadiram a unidade, mas a ação foi frustrada pela Polícia Militar. A empresa de segurança que monitora as câmeras percebeu a movimentação estranha e pediu apoio. As suspeitas são de que o grupo seja o mesmo que atacou o Extra do Quitandinha, no dia 18 de outubro - quando os bandidos entraram na central de monitoramento, desligaram as câmeras de segurança e levaram dinheiro, todo o estoque de telefones celulares e semijoias.

Em novembro, houve uma série de assaltos a postos de gasolina. Quatro estabelecimentos entre o Bingen e Corrêas foram os alvos. Em um dos casos, os bandidos não levaram dinheiro, mas abasteceram o veículo que usavam e fugiram.

 



Edição anterior (1516):
sexta-feira, 04 de janeiro de 2019
Ed. 1516:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1516): sexta-feira, 04 de janeiro de 2019

Ed.1516:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior