Edição anterior (1559):
sábado, 16 de fevereiro de 2019
Ed. 1559:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1559): sábado, 16 de fevereiro de 2019

Ed.1559:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Prefeito pede aumento do efetivo da PM ao governador

Governador transferiu a sede do Poder Executivo estadual para Petrópolis; agenda continua hoje

Philippe Fernandes

 

Durante o primeiro dia do projeto "Gabinete Itinerante", que transfere o governo estadual para os municípios, o governador Wilson Witzel se reuniu com lideranças políticas da região. O objetivo foi ouvir e atender as demandas das autoridades locais. Durante o evento, que aconteceu na sede do Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (Sicomércio), durante a tarde de ontem (15), o prefeito Bernardo Rossi destacou a necessidade do reforço no efetivo da Polícia Militar no município.

- Hoje, somos a cidade mais segura do Estado e a 28ª do país, e estamos trabalhando de forma integrada com as forças de segurança, por meio do Centro Integrado de Operações Policiais (Ciop), mas precisamos aumentar o efetivo para melhorar os índices - afirmou o prefeito.

Em entrevista à imprensa, Witzel também destacou os investimentos que o Governo está fazendo na Polícia Militar.

- Estamos reorganizando a Polícia Militar. Até o final do ano, vamos receber mais de 3 mil viaturas, que vão ajudar no patrulhamento de estradas, especialmente nas estradas que têm acesso em Petrópolis. Além disso, a segurança pública receberá um reforço de policiais. Vamos incorporar 3 mil policiais por ano. A licitação para o monitoramento eletrônico, com reconhecimento facial e de placas, também está sendo ultimado - disse o governador.

Outro assunto do encontro entre Rossi e Witzel foi com relação às dívidas que o Estado tem com a Prefeitura. Desde o agravamento da crise econômica que afetou as contas do governo estadual, o município tem arcado com repasses que seriam de responsabilidade do outro ente federativo. Essa situação acontece, por exemplo, com o custeio das Unidades de Pronto-Atendimento (UPA), com verbas para o Hospital Alcides Carneiro (HAC) e com o programa Somando Forças.

- Foi um encontro produtivo. O governador falou muito da economia e está animado, apresentando e ideias para reverter o cenário de crise, como a compra de precatórios e soluções para a questão da dívida ativa - disse Rossi, destacando que a expectativa é de que, ainda neste ano, o Estado "entre no azul" com relação às contas públicas.

Também foi apresentada a situação de diversos setores na cidade, como a mobilidade urbana (principalmente no tocante às estradas que são administradas pelo Estado, por meio do DER; além do apoio à viabilização da ligação Bingen - Quitandinha e na questão envolvendo a Concer) e a habitação. Outro ponto abordado pelo prefeito na reunião foi sobre a Academia Militar do Corpo de Bombeiros, que ficaria onde funcionou o Centro de Treinamento dos Correios, na Fazenda Inglesa - as obras, no entanto, estão abandonadas há pelo menos três anos.

Volta do trem

Em reunião com os vereadores Leandro Azevedo (PSD), Fred Procópio (PSDB), Antonio Brito (PRB) e Marcelo Lessa (SD), o governador foi questionado sobre a volta do trem - uma proposta que Witzel apresentou em entrevista ao Diário, em junho do ano passado - e deu uma resposta positiva: o Estado vai lançar um edital de chamamento público para manifestação de interesse sobre o investimento.

Os parlamentares também apresentaram suas pautas. Como a cidade integrada à Região Metropolitana, o vereador Fred Procópio (PSDB) retomou a proposta de incluir Petrópolis no rol das cidades atendidas pelo Bilhete Único - que possibilita a viagem em dois meios de transporte diferentes, como ônibus, metrô, trens, barcas e vans legalizadas, pelo preço de R$ 8, desde que um deles faça a integração entre as cidades. A medida será analisada pelo Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado (Proderj), após a conclusão de um trabalho de auditoria sobre o programa.

- Como Petrópolis foi inserida na Região Metropolitana, voltamos com esta ideia, que já havia sido apresentada pelo deputado estadual Luiz Paulo. O governador respondeu que, após a auditoria, a viabilidade financeira da inclusão será analisada - disse Fred.

O vereador Marcelo Lessa, por sua vez, destacou a importância da redução da carga tributária que incide sobre os combustíveis, fazendo com que o preço da gasolina no Estado seja um dos mais altos do país. Leandro Azevedo, por sua vez, entregou uma carta da Frente de Economia Solidária - o setor demanda maior atenção do poder público.

Witzel também se reuniu com os deputados federais Daniel Silveira (PSL) e Hugo Leal (PSD). Silveira afirmou ao Diário que o encontro foi produtivo, destacando a licitação da ferrovia e uma possível instalação de uma usina fotovoltaica, um projeto do deputado.

Agenda

Witzel continua a sua agenda em Petrópolis neste sábado (16). Pela manhã, ele irá despachar, com todo o secretariado, no Palácio Quitandinha. À tarde, se reúne, no mesmo local, com empresários e representantes da sociedade civil organizada. O governador disse que escolheu Petrópolis pela sua importância histórica.

De acordo com o assessor especial do governo, Bernardo Santoro, o evento retoma a tradição de Petrópolis ser um centro importante para as decisões políticas.

- É uma honra para Petrópolis ser a pioneira. É importante destacar que o projeto transfere oficialmente a capital do Estado para a cidade. O governador vai despachar oficialmente daqui. Petrópolis tem um histórico relevante, sendo local da hospedagem de governadores e presidentes, e, mesmo não sendo a capital do Estado, tem uma tradição de ser um centro administrativo do Brasil. Farei questão de trabalhar para que os projetos apresentados aqui saiam do papel - disse Santoro.



Edição anterior (1559):
sábado, 16 de fevereiro de 2019
Ed. 1559:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1559): sábado, 16 de fevereiro de 2019

Ed.1559:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior