Edição anterior (2200):
quarta-feira, 18 de novembro de 2020
Ed. 2200:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2200): quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Ed.2200:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Buraco reabre na Rua Alvaro Lopes de Castro na Mosela e preocupa moradores

Camila Caetano – especial para o diário

 

Na Rua Álvaro Lopes de Castro, na Mosela, o mesmo problema vem apresentando novos transtornos aos residentes da localidade. O buraco que foi aberto há cerca de dois meses na proximidade dos números 437 e 451, foi coberto pela prefeitura na semana passada, onde a mesma também realizou o serviço de substituição de manilhas no local do incidente. A intervenção foi coberta com pó de pedra, que deixou os moradores em estado de alerta devido à possibilidade do buraco se reabrir com as chuvas, e, infelizmente, este temor se tornou uma realidade. O temporal que atingiu ao município nesta última segunda-feira fez com que as irregularidades ficassem mais explícitas novamente.

No princípio, a ocorrência afetava apenas à rede de esgoto da servidão de número 437, mas, agora, com as chuvas, esse problema já apresenta riscos mais tangíveis aos moradores da servidão 451. Devido ao peso dos veículos e das más condições da rua, outras partes da calçada também já estão afundando. O fato preocupa aos cidadãos, pois, pode ser que toda galeria de água seja prejudicada. Em vídeos registrados no local da ocorrência, é possível ver até mesmo uma parte da tubulação, e os moradores já começam a tomar providências para sinalizar os perigos.

- Aconteceu o que a gente esperava. Com as chuvas de segunda-feira, o buraco abriu, piorou e, devido a quantidade de água que entrou por ele, o ponto em que passa a tubulação do 437 também começou a ser prejudicado. Quando fizeram a manutenção aqui, a fizeram no número 451. Já colocaram até um galho no buraco para sinalizar o perigo e evitar que algum veículo seja danificado. O ônibus passa aqui desviando, e bem devagar, no entanto, como o peso agora vem se concentrando de um lado só, a outra parte da rua já começou a afundar também - disse Daniele Gama, moradora do local que registrou as ocorrências. Ela destaca:- o problema é que o tubo vai aqui da servidão até onde é a galeria de água. Se afundar, vai afundar tudo, por ser um local em que passa toda tubulação - reforçou.

A Secretaria de Obras disse que vai enviar uma equipe para o local para recuperar o trecho afetado pelas chuvas.



Edição anterior (2200):
quarta-feira, 18 de novembro de 2020
Ed. 2200:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2200): quarta-feira, 18 de novembro de 2020

Ed.2200:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior