Edição anterior (1646):
terça-feira, 14 de maio de 2019
Ed. 1646:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1646): terça-feira, 14 de maio de 2019

Ed.1646:

Compartilhe:

Voltar:


  Polícia

Câmeras flagram ação de atiradores na Treze de Maio

Homens foram flagrados atirando na porta de uma boate no fim de semana

João Vitor Brum

Um caso de violência gratuita chocou a população petropolitana no último fim de semana. Na madrugada de sábado (11), dois homens armados protagonizaram momentos de terror entre a Rua 13 de Maio e a Avenida Koeler, duas importantes vias do Centro Histórico. Os indivíduos, a bordo de uma motocicleta, ameaçaram pedestres e atiraram a esmo, acertando, inclusive, a perna de uma jovem de 19 anos. Câmeras de monitoramento flagraram os dois atirando para o alto em frente à Boate Eclipse, também na Treze de Maio, onde estavam anteriormente, segundo a Polícia Militar.

 

De acordo com informações da PM e relatos em redes sociais, os acusados estavam em uma boate antes dos fatos ocorridos, já ostentando a arma de fogo. Ao sair do local, os mesmos subiram na motocicleta e, depois de um tempo, a pararam na porta do estabelecimento, bloqueando parcialmente os dois sentidos da via.

Após, os dois desceram da moto, um deles com a arma na mão, apontando para pedestres, e logo depois a entregou para o outro, que estava conduzindo o veículo e usava um capacete, momento em que atirou para o alto, fazendo com que todas as pessoas próximas fugissem correndo. Toda a ação no local foi registrada por uma câmera do Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop).

Saindo dali os dois, que, segundo a PM, são moradores da Comunidade Oswaldo Cruz, seguiram em direção ao Centro, atirando para o alto e gritando “vai morrer geral” a todos por quem passavam.

Os dois seguiram, então, pela Avenida Koeler, ainda efetuando os disparos, e acertaram a perna de uma mulher de 19 anos que ia para casa no momento do ocorrido, por volta das 4h. Em entrevista ao Diário, ela contou as circunstâncias do incidente.

- Quando eu estava voltando para casa, passando pela Koeler, eles passaram de moto e simplesmente atiraram na minha perna, do nada. Só fui entender o que aconteceu quando cheguei na Upa, pois aí cortaram minha calça e puder ver que o tiro atravessou minha panturrilha, do lado do meu osso. Não estou conseguindo andar e sentindo muita dor – disse a vítima.

A vítima foi socorrida por populares até a UPA do Centro. Após o ocorrido, uma equipe da PM realizou patrulha nas proximidades do local à procura dos responsáveis pelo ato, porém não os localizou. O caso está sendo investigado na 105ª Delegacia

Boate não possuía alvarás necessários

Ainda no sábado, equipes de fiscalização da Secretaria de Fazenda, acompanhadas de policiais civis, estiveram na Boate Eclipse e aplicaram um auto de infração aos responsáveis por exercer a atividade sem alvará de funcionamento. O estabelecimento foi multado em R$ 1.363,00. O Diário tentou entrar em contato com os responsáveis pelo local, mas, não obteve resposta.

A fiscalização também intimou os responsáveis a não exercer a atividade até a apresentação de alvará de localização. O documento deve ser apresentado dentro do prazo de 30 dias sob pena de multa.

A Guarda Civil entregou às autoridades policiais, também no sábado, imagens captadas por câmeras de monitoramento do Ciop para auxiliar nas investigações da ocorrência.

Além do monitoramento por câmeras, a Guarda Civil realiza frequentemente ações de “Choque de Ordem” em ruas do Centro, como a 13 de Maio, no período noturno durante os fins de semana. Na noite de sexta (10) e início da madrugada de sábado, a corporação atuou na região ao lado da Fiscalização de Posturas para o patrulhamento e fiscalização.

 



Edição anterior (1646):
terça-feira, 14 de maio de 2019
Ed. 1646:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1646): terça-feira, 14 de maio de 2019

Ed.1646:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior