Edição anterior (1549):
quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019
Ed. 1549:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1549): quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019

Ed.1549:

Compartilhe:

Voltar:


  Habitação

Casa ou apartamento? Conheça os prós e contras

São muitos fatores que pesam na hora de alugar ou comprar uma casa ou um apartamento, sendo que ambos possuem os seus prós e contras, mas certamente as duas alternativas oferecem características que agradam os mais variados perfis de moradores. 

Segurança, conforto, tranquilidade, preço e localização são os motivos mais comuns a serem analisados antes de optar entre um e outro. Separamos abaixo alguns prós e contras entre morar em casa ou apartamento que podem ajudar aqueles que ainda estão indecisos.

Casa

Morar em uma casa oferece vantagens que muitos não abrem mão como, por exemplo, o espaço. Em casa, a possibilidade de ter um animal de estimação, criar plantas, ou até mesmo hortas, são muito maiores. Há também a vantagem de se ter mais privacidade, já que os vizinhos não são tão próximos quanto em um apartamento, além de não ter a despesa do condomínio, muitas vezes um valor considerável dentro do orçamento familiar. 

Em relação a segurança, hoje as casas não estão mais tão distantes das seguranças dos apartamentos, com tecnologias e estruturas cada vez mais modernas para assegurar o bem-estar da família. Isso sem contar com a existência de condomínios fechados nos quais a segurança é reforçada.

“No meu ponto de vista, um dos principais pontos positivos de uma casa é que poderá ajustar a estrutura ao seu sonho, principalmente quando compra um terreno e constrói. A pessoa pode construir de acordo com o que objetiva e tem maior possibilidade de ajustes e reformas. Um apartamento terá que contar com uma estrutura pré-elaborada”, afirma o presidente do Grupo Realibras/Conspar, Eufrásio Humberto Domingues.

Apartamento

Quem escolhe morar em um apartamento deve estar ciente de que deverá seguir algumas regras, ou seja, cada condomínio ou prédio tem o seu próprio regimento interno para a boa convivência entre todos, portanto essa análise deve ser feita com muita atenção para que se adeque ao estilo de vida do morador.

Um dos pontos positivos é ter a possibilidade de fazer amizades que podem ajudar no caso de uma viagem longa, cuidando dos animais de estimação ou colocando água nas plantas, por exemplo.

Já na questão da privacidade, os apartamentos podem ser menos vantajosos, uma vez que a proximidade entre um apartamento e outro é muito menor. Além disso, há a questão do barulho, um dos pontos que mais causam reclamações entre os moradores, seja por conta de festas que passam do horário estipulado, sapatos no andar de cima ou das crianças brincando na piscina e nos playgrounds.

“O mais importante na hora de escolher entre os dois tipos de empreendimento é saber qual é o seu perfil e até onde você está disposto a adequá-lo, tendo como objetivo maior viver e conviver harmoniosamente onde quer que esteja”, finaliza Eufrásio Humberto Domingues.   

 



Edição anterior (1549):
quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019
Ed. 1549:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1549): quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019

Ed.1549:

Compartilhe:

Voltar:

Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior