Edição anterior (2091):
sábado, 01 de agosto de 2020
Ed. 2091:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2091): sábado, 01 de agosto de 2020

Ed.2091:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Cidadãos da Posse reclamam de falta de médicos

Prefeitura nega e diz que distrito conta com dois pontos de atendimento

Camila Caetano – especial para o Diário 
 

 Ao decorrer dessa semana, um áudio denunciando a falta de médicos no posto de saúde da Posse começou a circular nas redes sociais. O mesmo continha o relato, contado por um filho, de uma situação que ocorreu com sua mãe, uma senhora de 91 anos. Segundo o áudio, ela passou mal de pressão alta nesta última quarta-feira e foi levada para o hospital de Areal. De lá, foi encaminhada para o posto de saúde da Posse que, por não haver médicos, teve de ser deslocada para o posto de Pedro do Rio. A ocorrência fez outros internautas se manifestarem sobre o assunto.

- Minha mãe de 91 anos de idade passou mal de pressão alta e a levamos para o hospital de Areal, onde foi bem atendida. Entretanto, o médico pediu para que ela fosse levada para o posto de saúde da Posse. Chegando lá, o atendente nos informou de que não havia médicos no local, e a encaminhou para a unidade de Pedro do Rio –  relatava o áudio.

Em um grupo na internet, outros cidadãos também deram queixas sobre o assunto. De acordo com os relatos, os mesmos têm esperado por consultas com médicos das mais diversas especialidades, como por exemplo, dentistas, ortopedistas, clínico geral, entre outros. Sendo assim, a impressão que os cidadãos estão tendo é que o posto de saúde do local parou de funcionar, pois entrou em quarentena, e ainda não retomou as atividades. Enquanto na verdade, os mesmos são considerados serviços essenciais.

- Tudo já está abrindo. O fórum de Itaipava também já está funcionando, mas acho que o posto da Posse não voltou ainda. Preciso marcar médico, mas pelo visto, lá ainda não está tendo, e acho que não existe previsão para ter – reiterou uma cidadã, que não quis se identificar.

Em nota, a prefeitura se manifestou dizendo que o posto está atendendo totalmente dentro da normalidade desde o início da pandemia, e que, a Posse conta com dois pontos de atendimento: o Posto de Saúde da Família (PSF) e o Serviço de Pronto Atendimento (SPA). O PSF, que trabalha com uma estratégia de saúde da família, tem, hoje, 03 equipes, compostas por 03 médicos clínicos, 03 enfermeiros, 03 dentistas, 03 técnicos de enfermagem, 03 auxiliares de saúde bucal e 05 agentes comunitários de saúde.

Devido às obras no SPA (onde em breve haverá um complexo de saúde no distrito), sua equipe, composta por um médico, um enfermeiro, um técnico de enfermagem e um recepcionista, vem trabalhando junto aos profissionais do PSF. Todos os médicos são clínicos gerais por se tratar de atendimento básico de saúde. Não existe falta ou carência de médicos nas unidades citadas, atualmente. Pacientes que necessitem de atendimento específico de alguma especialidade deve se dirigir ao PSF ou SPA e ser atendido por um médico clínico para, em seguida, ser encaminhado ao especialista.



Edição anterior (2091):
sábado, 01 de agosto de 2020
Ed. 2091:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2091): sábado, 01 de agosto de 2020

Ed.2091:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior