Edição anterior (2438):
quarta-feira, 14 de julho de 2021
Ed. 2438:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2438): quarta-feira, 14 de julho de 2021

Ed.2438:

Compartilhe:

Voltar:


  Gastronomia

Cinco restaurantes imperdíveis na região de Petrópolis

Nada como comida boa e paisagens exuberantes. Conheça cinco restaurantes que contam com uma gastronomia sem igual na charmosa região de Petrópolis


 

Por Flávio Ribeiro de Castro -CNN

O imperador Pedro II fundou a cidade de Petrópolis (que leva seu nome inclusive), no alto da Serra dos Órgãos, há mais de 200 anos, para fugir das ondas de calor do verão do Rio de Janeiro. Atualmente, cariocas e turistas de todas as partes continuam a seguir os passos do monarca para aproveitar o clima e a natureza da região. Além disso, hoje em dia eles têm uma razão adicional para subir a montanha: a gastronomia.

Petrópolis e seus distritos oferecem uma interessante variedade de bares e restaurantes para todos os gostos e bolsos, que se beneficiam por usar produtos locais de alta qualidade, incluindo verduras, queijos, cervejas, doces e embutidos. Algumas casas petropolitanas – como a Locanda della Mimosa, fundada pelo chef Danio Braga e que continua a ser uma das referências gastronômicas da região, e a saudosa Adega dos Frades – marcaram a história da gastronomia fluminense. Como não poderíamos falar de todas elas nesta reportagem, vamos destacar cinco casas que valem uma viagem à Cidade Imperial, como Petrópolis é conhecida. Para quem ainda não a conhece, a dica é pegar a estrada cedo e visitar o centro de Petrópolis. Vale a pena! Possui lindas avenidas arborizadas e algumas atrações imperdíveis.

O Museu Imperial, situado no antigo palácio de verão de Pedro II, é obviamente uma delas. Ele abriga uma completa coleção de objetos e móveis dos Orleans e Bragança, inclusive a coroa do imperador. Outra interessante opção é a casa de Santos Dumont, cheia de invenções do aviador. São dois programas muito divertidos para adultos e crianças.

Depois da manhã no centro, vale voltar para a estrada e visitar os distritos de Petrópolis, em meio à natureza exuberante da região. Tanto no centro quanto nos distritos há dezenas de opções de hospedagem, com estilos e preços variados.

Mas vamos aos restaurantes. Para quem busca algo mais simples e informal, o Bar do Horto é uma excelente opção. Superanimado, o bar fica situado no Horto de Itaipava (o principal distrito de Petrópolis) e atrai multidões de cariocas pela cerveja gelada e seus pastéis feitos na hora. O Horto é ótimo também para quem se interessa pelos produtos gastronômicos artesanais da região.

Rua Estr. União e Indústria, 9726, Petrópolis 

Ainda em Itaipava, o Perugino Gastronomia é, sem dúvida, um dos melhores restaurantes italianos do estado do Rio de Janeiro. Com uma linda varanda, a casa do chef e restaurateur Sormany Justen tem uma cozinha, ao mesmo tempo, simples e sofisticada. O menu inclui pratos tradicionais, como a lasagna bolonhesa e o spaghetti alla carbonara, e opções diferenciadas, como o tortiglioni Montalcino, com ragu de coelho e linguiça, e uma seleção de risottos. A dica é o risotto de polvo e linguiça toscana, e a lombata (também conhecida como prime rib) com risotto parmigiano. O Il Perugino tem também uma excelente carta de vinhos e serviço extremamente profissional.

 Estr. União e Indústria, 10.550 – Itaipava, Petrópolis/ Horário de funcionamento: de quarta a domingo, das 12h30 às 22h/ Telefone: (24) 2222-3092.

Alguns quilômetros mais à frente, também em Itaipava, o Châteaux Bistrot tem menu com influências francesas e italianas e excelente oferta de vinhos. Duas especialidades da casa são: o ossobuco de vitelo com risotto de açafrão e o confit de pato ao molho de laranja com purê de mandioquinha. No inverno, o Châteaux serve um dos melhores fondues da Serra Fluminense.

Estr. União e Indústria, 12590 – Itaipava, Petrópolis/ Horário de funcionamento: todos os dias, das 13h às 21h30/ Telefone: (24) 2222-1118.

No distrito de Correias, a Pousada da Alcobaça, com seu casarão de 1914, é um pequeno pedaço de paraíso na Terra. A proprietária, Laura Góes, é autora de um clássico livro de receitas e supervisiona pessoalmente a cozinha do restaurante da pousada. A Alcobaça tem cara de fazenda e faz todos se sentirem em casa, com seu menu simples, composto por clássicos da culinária brasileira. Uma dica importante: aos sábados, você come ali a melhor feijoada da sua vida.

Rua Dr. Agostinho Goulão, 298 – Corrêas, Petrópolis/ Horário de funcionamento: atendimento 24h /Telefone: (24) 2221-1240. 

Pão de queijo gruyère com goiabada picante, barriga de porco e picles de cebola roxa do Sítio Gastronômico (Foto: Flávio Ribeiro de Castro)
Petrópolis é conhecida também por fazer parte de uma das rotas da Estrada Real, o caminho usado pelos portugueses para transportar o ouro das Minas Gerais para os portos do Rio de Janeiro. A estrada corta o distrito de Secretário, por onde o alferes Joaquim José da Silva Xavier passava com frequência em suas viagens à capital da colônia.

Numa estrada quase escondida, bem perto do vilarejo de Secretário, está o Sítio Gastronômico, um pequeno restaurante, quase artesanal, com cara de casa de campo. Comandado pelo casal Anna Dolezal, chef formada no Cordon Bleu, e Luccas Medeiros, o Sítio só abre aos fins de semana e muda seu cardápio extremamente autoral todos os meses. Em minha última visita, comemos, o pão de queijo gruyère com goiabada picante, barriga de porco e picles de cebola roxa, como entrada, e dois pratos principais: gnocchi de batata com camarões, lascas de coco seco e farofa de bacon, e short rib de porco Duroc, com purê de cenoura, crispy de couve e cebolas caramelizadas. Tudo estava delicioso.

Estr. Francisco Guimarães – Pedro do Rio, Petrópolis/ Telefone: (24) 99991-0977.

Estas são apenas algumas indicações pessoais. Há muito mais a ser explorado e conhecido em Petrópolis e seus arredores.

*Flávio Ribeiro de Castro é jornalista, sócio da FSB Comunicação e, principalmente, apaixonado por comida, vinhos e charutos. Possui um perfil dedicado a esses temas no Instagram: @flaviordecastro.



Edição anterior (2438):
quarta-feira, 14 de julho de 2021
Ed. 2438:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2438): quarta-feira, 14 de julho de 2021

Ed.2438:

Compartilhe:

Voltar: