Edição anterior (1487):
quinta-feira, 06 de dezembro de 2018
Ed. 1487:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1487): quinta-feira, 06 de dezembro de 2018

Ed.1487:

Compartilhe:

Voltar:


  Economia

Comércio está otimista nas vendas no fim do ano

Lojistas esperam aumento de até 80% na comercialização dos produtos

Vitor Garcia – Especial para o Diário

A chegada do Natal é o período mais aguardado pelo comércio. Com o aumento na busca por presentes, os lojistas esperam um aumento de até 80% nas vendas. Entre os produtos mais procurados, estão os livros, roupas, perfumes e brinquedos. Ainda em período em que muitos mantêm a tradição do amigo oculto, a busca por artigos criativos também ganham a atenção dos clientes.

Dalva Lima, de 58 anos, teve uma missão um pouco difícil para este Natal. Ao participar da brincadeira de troca de presentes, a comerciante não teve ideia do que comprar para um familiar sorteado.

- Andei por diferentes tipos de lojas na cidade, sem nenhuma noção do que comprar para o meu amigo oculto. Por fim, encontrei em uma loja de presentes criativos o produto que seria legal, com preço acessível e que atingisse as expectativas durante a brincadeira. Encontrei uma garrafa de café diferente, onde a própria tampa virava uma xícara – disse.

Para a proprietária da loja, ter o diferencial para oferecer aos consumidores, é uma das melhores alternativas durante este período.

- Os clientes procuram sempre por novidades. Com isso, o objetivo da loja foi o de trazer produtos que chamassem a atenção do público. Entre os mais vendidos estão as almofadas massageadoras com adaptador para fone de ouvido, cobertor com mangas, garrafa térmica e canecas mágicas. As pessoas estão gostando das opções – explicou Iara Queiroz, de 46 anos.

Outro produto procurado são os livros. Segundo Benício Pacheco, de 45 anos, a expectativa é que as vendas aumentem até 70%.

- Os livros são sempre muito vendidos e levados para presente. As pessoas gostam das obras de auto ajuda, conhecimentos gerais, filosofia, romance e religiosos. Neste caso, o consumidor vai desembolsar entre R$ 10 e R$ 40 – contou o proprietário da livraria, que estava efetuando mais uma venda.

- Aproveitei o tempo para dar um pulo na loja e comprar um livro pra mim e um para a minha filha de sete anos. Sempre mantenho esse incentivo à leitura que, além de contribuir com o vocabulário, também estimula a imaginação e traz paz de espírito – disse a cliente Ellen Pires, de 33 anos.

Também para o público infantil, as vendas de brinquedos estão a todo o vapor, podendo ter crescimento de até 80%.

- Na verdade, toda a família vem com a criança na hora de comprar, levando até mesmo o que não estava planejado inicialmente. Podemos dizer que até os adultos chegam pra escolher um brinquedo, pensando em utilizar junto com a criança. Os preços variam entre R$ 7 e R$ 1.500. Temos produtos desde bola e jogos até brinquedos elétricos – disse a vendedora Mayane Gomes, de 26 anos.

Busca por alternativas

As lojas de roupas também são uma das alternativas na cidade. Em algumas, as promoções de fim de ano já estão atraindo os clientes.

- A procura começou a aumentar após os descontos oferecidos pela loja. Estamos com uma previsão positiva, com o objetivo de ver as vendas dobrarem neste mês de dezembro – contou a supervisora Luana Santos, de 32 anos.

As perfumarias também estão sentindo o reflexo do período. No Centro, produtos isolados ou kits possuem valores que chegam a R$ 269.

- Contamos com uma elevação de 70% na procura por nossos produtos. Temos linhas com descontos, que atendem a todas as faixas etárias. Agora é só torcer para que as expectativas sejam atingidas – concluiu a consultora Ana Letícia Satiro, de 29 anos.

 



Edição anterior (1487):
quinta-feira, 06 de dezembro de 2018
Ed. 1487:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1487): quinta-feira, 06 de dezembro de 2018

Ed.1487:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior