Edição anterior (2090):
sexta-feira, 31 de julho de 2020
Ed. 2090:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2090): sexta-feira, 31 de julho de 2020

Ed.2090:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Comércio tem expectativa positiva para o Dia dos Pais

Rua Teresa espera aumento de 15% nas vendas para o período

Wellington Daniel

 

O comércio de Petrópolis está com boas expectativas para o Dia dos Pais, comemorado no dia 9 de agosto. O setor, que perdeu duas datas importantes (Páscoa e Dia das Mães) devido as medidas de contenção ao novo coronavírus, se prepara para um movimento maior nas compras de presentes.

É o caso da Rua Teresa. A Associação do polo de moda, Arte, espera um aumento de 15% nas vendas. Para a presidente, Denise Fiorini, o polo reaberto e podendo receber turistas de compras, cria uma alta expectativa.

- No Dia das Mães as famílias não puderem se reunir, mas agora que a cidade está com os níveis de contágio controlados, com baixa ocupação dos leitos de UTI existe uma nova perspectiva para a data comemorativa. Então é expectativa é alta – explicou.

O Sindicato do Comércio Varejista de Petrópolis (Sicomércio) também aponta que os horários ampliados poderão beneficiar as vendas para o período. Para a organização, há uma expectativa positiva para o contexto de pandemia e, gradativamente, o setor está voltando a normalidade.

Na segunda-feira (27), a Prefeitura estendeu o horário de funcionamento dos estabelecimentos autorizados a abrir. Aqueles que estão situados na Rua Teresa ou Aureliano Coutinho podem funcionar de segunda a sábado, de 9h30 às 17h30. No restante do Centro Histórico, o permitido é de segunda a sexta, de 11h30 às 19h e sábado, de 10h às 19h.

Nacional

Informações da Agência Brasil apontam para um aumento na intenção de compra de presentes para a data, em comparação ao ano passado. Os dados utilizados são referentes a um levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo & Mercado de Consumo (Ibevar).

De acordo com a pesquisa, a intenção de compra aumentou da seguinte forma: 48,9% para TV, adega e ferramentas, 48,1% para notebooks e 25,4% para smartphones. O presidente do Ibevar, Claudio Felisoni, explicou à Agência que o crescimento também está relacionado a pandemia.

- O que explica esse aumento da intenção de compra em 2020 é o crescimento muito grande das vendas online e o fato de as pessoas que estão isoladas em suas casas precisam demonstrar de alguma forma sua presença e o seu vínculo afetivo com a família, que de alguma forma acaba sendo prejudicado pelo isolamento prolongado – disse.

 



Edição anterior (2090):
sexta-feira, 31 de julho de 2020
Ed. 2090:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2090): sexta-feira, 31 de julho de 2020

Ed.2090:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior