Edição anterior (1710):
quarta-feira, 17 de julho de 2019
Ed. 1710:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1710): quarta-feira, 17 de julho de 2019

Ed.1710:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

Conselhos Comunitários de Segurança de dois municípios conhecem central de monitoramento de Petrópolis

Representantes de Nova Friburgo e Guapimirim buscaram expertise do Centro Integrado de Operações de Petrópolis para levar o trabalho para essas cidades

 

O Centro Integrado de Operações de Petrópolis (Ciop) vai ser usado como referência por duas cidades que desejam aprimorar ou implantar um sistema de monitoramento a serviço das forças de segurança. Representantes dos Conselhos Comunitários de Segurança (CCS) dos municípios de Nova Friburgo e de Guapimirim estiveram em Petrópolis para conhecer o trabalho feito por aqui e poder levar a expertise para essas cidades.

No primeiro ano de funcionamento da central de monitoramento de Petrópolis, foram registradas 446 imagens de crimes ou suspeitas, além de acidentes de trânsito e outras ocorrências que ajudaram em atendimento e flagrante e também em investigações sobre os casos. O Ciop possui 56 câmeras em 46 locais diferentes.

“Nós já conseguimos realizar 15 prisões com participação direta das imagens registradas no Ciop. Elas contribuem não só para a Guarda, para a PM e para as delegacias, mas são utilizadas também pela CPTrans, pela Defesa Civil e pelos Bombeiros”, destacou o comandante da Guarda Civil, Jeferson Calomeni.

Durante a visita, os dois presidentes dos Conselhos Comunitários de Segurança puderam conhecer detalhes da operação do sistema de monitoramento, como alcance das câmeras, armazenamento das imagens, formas de comunicação entre os monitorantes e as equipes na rua, entre outros pontos.

“É uma excelente plataforma, muito bem implementada e operacional. Petrópolis está de parabéns. Nós temos uma plataforma bem aquém do que está utilizada aqui, não é profissional como essa central de monitoramento. Nova Friburgo tem pensado em investir nessa área e ter um exemplo operacional como esse, próximo na região Serrana, serve para gente como modelo”, disse o presidente do CCS de Nova Friburgo, Jorge Eduardo.

“Realmente a experiência que vi aqui nessa central de monitoramento é excelente. A gente vê que atende a cidade completamente e é uma experiência que eu estou levando para minha cidade para que possa contribuir com todo ordenamento de segurança”, contou o presidente do CCS de Guapamirim, Marcos Nascimento.

A visita ao Ciop ainda foi acompanhada pelo presidente do CCS de Petrópolis, Guilherme Lacombe, e pela empresária, Alvanei Abi Daoud – integrante do grupo “Todos por Petrópolis” (que busca dar apoio com aquisição de materiais necessários pelas forças de segurança do município).



Edição anterior (1710):
quarta-feira, 17 de julho de 2019
Ed. 1710:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1710): quarta-feira, 17 de julho de 2019

Ed.1710:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior