Edição anterior (2202):
sexta-feira, 20 de novembro de 2020
Ed. 2202:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2202): sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Ed.2202:

Compartilhe:

Voltar:


  Covid-19

Covid-19: Teresópolis sedia Abrigo Regional Provisório para proteger idosos

Espaço que funciona em parceria com o Estado foi aberto ontem

 

Com o objetivo de proteger idosos em situação de vulnerabilidade social contra a covid-19 foi aberto ontem no município de Teresópolis o Abrigo Regional Provisório , que funcionará  no Hotel Athos. A unidade tem capacidade para receber até 30 pessoas. De acordo com a prefeitura de Teresópolis, o espaço acolherá idosos que não têm doenças pré-existentes e que precisam se resguardar da Covid-19. A iniciativa está sendo realizada parceria com o Governo do Estado, com coordenação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social do município vizinho, que fará a regulação das vagas junto a outros 11 municípios da Região Serrana.  Apesar de já possuir espaço próprio destinado a receber este público, Petrópolis faz parte dos municípios selecionados.

- É um espaço importante para os idosos. Participamos de todas as reuniões com o Estado para este projeto. Na época verificamos que Petrópolis foi o único município a se antecipar e montar uma unidade com esta finalidade, saindo na frente. Inicialmente este trabalho foi feito em parceria com a Mitra Diocesana em um espaço no Caxambú e depois, com a liberação de recursos federais, alugamos o espaço usado hoje.  – explica a secretária de Assistência Social, Denise Quintela, que participou ontem da inauguração em Teresópolis  

- Teresópolis cumpriu todas as exigências do estado para a abertura do Abrigo Regional, com a apresentação de toda a documentação solicitada tanto da Secretaria quanto do hotel que vai abrigar os idosos -  pontua o secretário de Desenvolvimento Social de Teresópolis, Marcos Jaron, que será o coordenador da Região Serrana, que engloba 11 municípios, entre os quais Nova Friburgo, Bom Jardim, Catagalo, sumidouro, Carmo, Cordeiro, duas Barras, entre outros.

O abrigo conta com uma equipe contratada pelo estado, com assistente social e cinco cuidadoras. Segundo a prefeitura de Teresópolis, as instituições do Município ligadas aos cuidados com o idoso, como asilos, também poderão indicar idosos para o abrigo, caso necessário, assim como as famílias que tiverem alguma pessoa com Covid-19 em casa e precisarem preservar o idoso.

Petrópolis conta com espaço para receber idosos em risco desde maio

A proteção a idosos em risco social contra a covid-19, já vinha recebendo atenção em Petrópolis – primeira cidade do estado a criar um espaço seguro e com infraestrutura para receber esta parte da população, que faz parte do grupo de risco para a covid-19.  Desde o início da pandemia a Secretaria de Assistência Social de Petrópolis buscou criar espaços para receber idosos que moram com outras pessoas em casas pequenas, nas quais não é possível fazer o isolamento social seguro, no caso de contaminação de um dos moradores.  Desde maio, quando foi inaugurada a Unidade de Acolhimento Temporário, 55 pessoas foram atendidas. O espaço recebe idosos referenciados pelos CRAS – Centros de Referência em Assistência Social do município.  

- Neste período de isolamento social, a Secretaria também firmou uma nova parceria com a Mitra para uma casa que acolhe idosos em vulnerabilidade social e pessoas em situação de rua que precisem ficar em quarentena neste período de pandemia do coronavírus. O espaço conta com capacidade para atender 65 pessoas simultaneamente. Além da equipe técnica, que acompanha os moradores 24 horas por dia, a casa foi equipada e segue todas as recomendações do Ministério da Saúde – explica a secretária de Assistência Social Denise Quintela.

O local conta com sala de enfermagem, cuidadores e acompanhamento nutricional. Além de acompanhamento dos enfermeiros e das equipes da Secretaria de Saúde. Os usuários também têm atividades pedagógicas e aeróbicas e ainda contam com sala de televisão e espaço externo para banho de sol e atividades ao ar livre.

De acordo com a Secretaria, atualmente 21 pessoas estão sendo assistidas no espaço, sendo 12 em situação de rua, oito idosos e um em isolamento. A unidade não realiza teste para covid, o usuário já chega testado.

O espaço tem 22 funcionários: um psicólogo, um coordenador pedagogo social, dois assistentes sociais, sete educadores sociais, uma enfermeira, dois técnicos de enfermagem, quatro cuidadoras, um ajudante de cozinha, um cozinheiro e dois assistentes de Serviços Gerais.

 



Edição anterior (2202):
sexta-feira, 20 de novembro de 2020
Ed. 2202:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2202): sexta-feira, 20 de novembro de 2020

Ed.2202:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior