Edição anterior (1658):
domingo, 26 de maio de 2019
Ed. 1658:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1658): domingo, 26 de maio de 2019

Ed.1658:

Compartilhe:

Voltar:


  Bauernfest
 

CPTrans prepara grande operação para minimizar impacto no trânsito durante a Bauernfest

Com expectativa de receber mais de 350 mil pessoas nos dias de festa, serão feitas mudanças pontuais para garantir a fluidez no trânsito

              Sinônimo de cidade cheia, a Bauernfest chega a sua 30ª edição com a expectativa de receber mais de 350 mil visitantes entre os dias 14 e 30 de junho - com exceção do dia 20, feriado de Corpus Christ. Para minimizar o impacto causado pelo alto número de veículos nas ruas, seja de visitantes ou petropolitanos, a CPTrans prepara um esquema de trânsito especial com alterações de ruas, fechamentos intermitentes, ampliação da área para estacionamento e direcionamento dos mais de 800 ônibus de turismo esperado para o evento.

         

Apesar de a festa começar no dia 14, as primeiras mudanças estão previstas para ocorrer até 10 dias antes: a partir do dia 4, quando a festa deve começar a ser montada, a Alfredo Pachá, em frente ao Palácio de Cristal, principal palco do evento, poderá ser fechada para a passagem de veículos. Bem próximo ali, a Padre Siqueira terá a mão invertida – mudança aplicada nas duas últimas edições que apresentou bons resultados para fluidez no trânsito. Essa alteração muda o trajeto principalmente de quem segue dos distritos e tem como destino a área do Bingen, por exemplo. Haverá, ainda, o fechamento das ruas Walter Bretz, na Piabanha, e a Domingos de Souza Bastos, na 13 de Maio, e a José Bonifácio, liberada apenas para moradores.

          “Uma festa com as proporções da Bauern precisa ser pensada em seus detalhes e é isso que estamos fazendo. Não é à toa que tivemos o resultado com recorde de visitantes no ano passado e este ano nossa expectativa é ainda maior, com a ampliação da festa. Uma mudança significativa que observamos nos últimos dois anos foi o fluxo de trânsito, que funcionou muito bem e que será mantido este ano, com algumas melhorias planejadas pela equipe da CPTrans”, destaca o prefeito Bernardo Rossi.

          As alterações incluem a colocação de mão única em um trecho de 200 metros da Montecaseros, entre o Colégio Santa Catarina e o Gehren – os veículos só poderão seguir no sentido bairro nesse trecho. Há, ainda possibilidade de fechamentos intermitentes da Padre Siqueira e do acesso ao Bingen pela 13 de Maio. Essas mudanças serão aplicadas de acordo com o fluxo de veículos nas vias, conforme avaliação das equipes escaladas para o trabalho.

          “Existem vários fatores que podem, no dia a dia, fazer com que nossas equipes façam mudanças inesperadas. E estamos trabalhando com essas possibilidades. É uma parte operacional que só pode ser mensurada no decorrer da festa, como uma possível interdição de via em alguns momentos, por exemplo. Nossas equipes têm a experiência para fazer com que o trânsito seja de excelência, conforme verificamos nos últimos dois anos”, explica o diretor-presidente da CPTrans, Jairo Cunha.

Frota de ônibus reforçada durante todo o dia e também de madrugada

          A CPTrans solicitou às empresas de ônibus que atuam em áreas próximas à festa com reforço na frota. Serão, pelo menos, 15% de veículos a mais que estarão identificados com “via Bauernfest” e que passarão nas proximidades do burgo alemão, no Palácio de Cristal. A companhia também vai monitorar a demanda e pedir, caso necessário, reforço na operação aumentando a quantidade de veículos com destino à festa para a Expresso e Turb. Os veículos sairão, principalmente, do Terminal Rodoviário Leonel Brizola, no Bingen.

          A CPTrans também quer garantir reforço nos horários da madrugada. Os “corujões” irão aumentar a oferta de veículos nos dias de festa, principalmente aos fins de semana. A intenção é atender, principalmente, o petropolitano que trabalha na festa, facilitando sua chegada em casa após o serviço. A companhia também orienta que o público faça o download do aplicativo Vá de Ônibus, disponível para Android e iOS. Pela plataforma é possível saber o ponto de ônibus mais próximo e onde está a linha que o usuário precisa. O serviço gratuito também pode ser consultado pelo www.vadeonibus.com.br.

Mais de 250 vagas para ônibus de turismo

 

          Já para quem vem de fora da cidade, a CPTrans também tem um esquema especial para a recepção dos visitantes. Equipes estarão dispostas nos pórticos do Quitandinha e Bingen e todos os ônibus serão parados para uma espécie de triagem ainda nas entradas da cidade. Eles serão adesivados com informações sobre o local de embarque e desembarque, vaga de estacionamento e melhor opção de saída da cidade, após a festa. Esse controle visa diminuir o número excessivo de veículos de turismo em um mesmo local, além de melhor distribuição das mais de 250 vagas destacadas para esses ônibus – o município teve pico de 220 ônibus durante um mesmo dia em evento do Natal Imperial.

          Para esta edição da festa serão três os pontos principais para embarque e desembarque dos ônibus: a Avenida Tiradentes, em frente ao Relógio das Flores, e na Montecaseros. Após o desembarque, os motoristas deverão seguir para o Quitandinha, Bingen, Barão do Rio Branco a partir da Moageira e estacionamentos das operadoras Petroita e Cidade Real.

          Para garantir a acessibilidade, uma área de estacionamento na Praça 14 Bis será destinada exclusivamente para veículos com pessoas deficientes e idosos. Eles serão direcionados ainda nos pórticos, durante a triagem, e ficarão em uma área mais próxima aos principais pontos da festa.

 Mais vagas aos carros particulares e combate à atuação de flanelinhas

          Com o acumulo de carros nas ruas do Centro, a CPTrans e a Guarda Civil já estão articulando um cronograma para evitar a atuação de flanelinhas durante a festa – o que, além de onerar os motoristas, também atrapalha o trânsito com a orientação de locais proibidos para estacionamento como vagas. Entre as medidas, está a ampliação do horário de cobrança do estacionamento regulamentado rotativo, que funcionará até às 22h de quarta-feira a domingo em ruas próximas à festa. As tarifas também serão mantidas: R$ 2,50 nas áreas brancas e R$ 3,50 nas áreas azuis.

          Ao mesmo tempo em que amplia as vagas de rotativo, a CPTrans também está aumentando as possibilidades de estacionamento no período da festa: a Avenida Koeler, Rua da Imperatriz e Avenida Barão do Rio Branco – até a altura do Corpo de Bombeiros, serão transformadas em estacionamento rotativo nas sextas de 18h às 22h e, aos sábados, domingos e feriados, de 8h às 22. Um serviço de valet também será oferecido pela Sinal Vida, na Avenida Koeler, nº 260, pátio da Prefeitura, nas sextas a partir das 18h e nos sábados, domingos e feriados, a partir das 9h, por R$ 35.

          As ruas que terão o horário estendido são para às 22h de quarta a domingo são: lado par da Rua Imperatriz, lado ímpar da Avenida Tiradentes, Rua Raul de Leoni, Rua São Pedro de Alcântara, Praça Princesa Isabel, Rua Dr. Nelson de Sá Earp, Rua Engenheiro Miguel Detsi, Rua Roberto Silveira, Rua Barão do Amazonas, Rua 7 de Abril, Rua Montecaseros, Rua Padre Siqueira, lado ímpar da Avenida Koeler, Avenida Presidente Kennedy, Rua Frei Rogério, Rua 13 de Maio e Praça da Liberdade.

          Durante os dias de festa, serão disponibilizados pontos fixos para pagamento do rotativo nas duas extremidades da Rua Alfredo Pachá, na Praça da Liberdade e na Praça Visconde de Mauá (Praça da Águia). Além disso, o usuário pode falar com qualquer controlador (identificados com camisas amarelas da SinalVida) independentemente do local onde o veículo estiver estacionado e utilizar, também, o aplicativo DigiPare disponível para celulares com iOS, Android e Windows Phone. o site www.estarpetropolis.com.br; por SMS pelo número 27317, por ligação 0800-941-3444, em qualquer um dos parquímetros disponíveis - sendo que esses equipamentos aceitam pagamentos em moeda e cartão de crédito e débito; no comércio local

          A CPTrans também fez um levantamento dos estacionamentos privados no Centro da cidade. São 39 no entorno da festa e a solicitação da companhia é que esses locais ampliem seu horário de abertura para atender a demanda de usuários durante a festa.

Vias alternativas são opção para quem não tem a festa como destino

          Com o número elevado de gente na cidade nos dias festa, a CPTrans também está orientando quem não tem a Festa do Colono Alemão como destino, a utilização de rotas alternativas, diminuindo o impacto sobre as ruas do Centro Histórico, aumentando a fluidez para quem não tiver a festa como objetivo e melhorando a mobilidade no trânsito. Todas as alterações viárias já foram passadas ao aplicativo de celular Waze, que poderá ser um grande aliado dos motoristas petropolitanos ou turistas para os dias da festa. O App está disponível em todas as plataformas na loja on-line de cada sistema operacional.

          Uma dessas alternativas se dá no trecho entre Itaipava e o Bingen, que além da BR-040, tem a opção de passagem subindo o Quarteirão Brasileiro, saindo na Mosela. A opção se dá também para quem precisa fazer o caminho contrário. Alternativa entre o Bingen e o Quitandinha, evitando o Centro, é a passagem pelo Vila Militar, chegando no Valparaíso. Outra opção de passagem para o Valparaíso é a utilização da Comunidade Oswaldo Cruz – que dá acesso ao Cemitério Municipal. Entre o Itamarati e o Quitandinha, a rota alternativa é o Alto da Serra, pela Rua Santos Dumont. As ruas Duque de Caxias e 29 de Junho, no Vila Militar, ficarão abertas até a meia-noite. 

Utilização de táxi é incentivada

Uma das alternativas para a chegada e saída da festa é a utilização dos táxis do município. A cidade conta com uma frota de 541 veículos, inclusive com carros adaptados. Próximo ao Palácio de Cristal, os principais pontos de táxi ficam no Alfredo Pachá, no início da via, na Piabanha e Montecaseros.

 

 

 

 



Edição anterior (1658):
domingo, 26 de maio de 2019
Ed. 1658:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1658): domingo, 26 de maio de 2019

Ed.1658:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior