Edição anterior (1549):
quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019
Ed. 1549:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1549): quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019

Ed.1549:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

CPTrans vai reformar Terminal Centro

Trabalho de limpeza teve início nesta segunda-feira 

Melhorias vão do teto ao piso, passando por gradeamento para fechamento noturno

           

  A CPTrans deu início na noite desta segunda-feira (04.02) aos trabalhos para a reforma da Estação Rodoviária Imperatriz Leopoldina, o Terminal Centro. O local, de onde partem cerca de 1.640 viagens de ônibus e passam cerca de 40 mil pessoas diariamente, receberá intervenções que vão do telhado ao piso, passando por revitalização na pintura e gradeamento para fechamento noturno. Esta semana os serviços de limpezas estão sendo realizados para dar início à reforma – que ocorre em blocos. A meta é concluir as intervenções ainda no primeiro semestre de 2019.

O trabalho desta segunda começou por volta das 22h30 e entrou madrugada adentro. Foram 20 funcionários da CPTrans e Comdep que realizaram a varrição e lavagem de todo o chão do Terminal. Ele também teve teias de aranha removidas, além de limpeza de todo o teto. Para esses serviços também foram utilizados dois caminhões, um de cada companhia. A realização do trabalho neste horário tem como objetivo principal não atrapalhar a rotina dos usuários e nem as viagens das 80 linhas que saem do Terminal.

“Estamos enfrentando a crise e conseguindo cumprir com as metas estabelecidas de melhoria. O Terminal Centro já havia recebido intervenção nos banheiros que, pela primeira vez em sua história, foi realmente reformado”, destacou o prefeito Bernardo Rossi. “As intervenções serão feitas em blocos, com reparos específicos até que todos os espaços sejam contemplados. Essas obras darão mais conforto ao usuário, que contará com um Terminal novo em seu dia a dia”, explicou o diretor-presidente da CPTrans, Jairo Cunha.

A previsão é que a primeira fase da obra tenha início já na próxima semana. Serão criadas novas descidas de águas pluviais, aumentando e melhorando o sistema de captação de água das chuvas e, consequentemente, diminuindo potenciais infiltrações. Esta fase do trabalho, que depende das condições climáticas, acontece no telhado e terá continuidade com o reparo de toda cobertura metálica, com a troca de telhas, previsto para ocorrer ao longo de toda intervenção.

A principal mudança no espaço com as obras será o gradeamento para fechamento noturno. Ao ser concluído, o Terminal Centro passará a ficar fechado à noite, a partir da saída do último ônibus, e voltará a ser aberto para a saída do primeiro veículo. A medida impede atuação de vandalismo, ao mesmo tempo que melhora o serviço de limpeza diária, feita com o local fechado. Os ‘corujões’, que já param fora do Terminal, continuarão com suas paradas nos mesmos locais.

“As melhorias incluem, ainda, a recuperação e polimento do piso e pintura de todo Terminal. O projeto também contará adequações de acessibilidade com piso tátil e rampas de acesso, para melhorar a qualidade do espaço para pessoas com alguma dificuldade de mobilidade. São melhorias essenciais, que o Terminal precisa e que ficará mais bonito para os usuários, além de facilitar a manutenção diária”, explica o engenheiro da CPTrans, Bruno Azevedo.



Edição anterior (1549):
quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019
Ed. 1549:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1549): quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019

Ed.1549:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior