Edição anterior (1514):
quarta-feira, 02 de janeiro de 2019
Ed. 1514:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1514): quarta-feira, 02 de janeiro de 2019

Ed.1514:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Curta produzido por petropolitano é destaque em festivais internacionais

A obra de Pacco Fanti, de apenas 24 anos, foi selecionada por festivais europeus, americanos e africanos

João Vitor Brum - joaovitor@diariodepetropolis.com.br


 “Quando adicionamos arte à vida, passamos a viver”. A frase, dita pelo escritor e diretor Pacco Fanti em entrevista ao Diário, ilustra bem o trabalho do jovem de apenas 24 anos, que vem se destacando em festivais internacionais de cinema. Seu curta “Sure! A myth of three creations”, lançado em agosto deste ano, foi exibido em grandes centros do cinema mundial, como Londres.

O curta, de três minutos, apresenta uma espécie de reconstrução do Mito da Criação de outro planeta, retratando como a certeza foi usada para criar a agressão, o perdão e a convivência. Produzido especialmente para um festival, a obra acabou sendo selecionada para quatro exibições internacionais.

O primeiro festival a aceitar o curta foi o London Worldwide Comedy Short Film Festival, realizado na Inglaterra. A segunda seleção foi de um festival americano, da capital Washington, chamado Crossover Film Festival. Depois, foi a vez do InShort Film Fest, um dos mais prestigiados do continente africado, realizado na Nigéria. Fechando a lista, está um festival da República de Belarus, localizada na Europa Oriental.

- É muito gratificante a aceitação do curta, pois é um trabalho voltado exatamente para o mercado internacional. Sinto como se tivesse cumprido minha missão. É uma felicidade absurda e me inspira a continuar fazendo este tipo de trabalho. Agora, estou desenvolvendo uma minissérie, dessa vez física, e não animada, como foi o curta – disse Pacco.

Da criação à edição, passando pela direção e animação, a obra foi inteiramente produzida pelo petropolitano, que começou a trabalhar com cinema há cerca de três anos e vem se aperfeiçoando ao longo do tempo. Segundo ele, o tema do curta trata diretamente do momento pelo qual o mundo passa.

- O curta trata do momento atual da sociedade, é uma metáfora do que estamos passando. O mundo está sendo tribalizado, separado em grupos, e este é um tema muito interessante para trabalhar em cima – comentou.

Pacco destaca, entre suas inspirações, Andy Kaufman, importante ator e escritor americano, e Matthew Weiner, criador da série Mad Men que já trabalhou, também, como roteirista e produtor executivo das últimas duas temporadas de “The Sopranos”. Com padrões ainda não trabalhados no Brasil, as obras do profissional aderem à cultura europeia e americana, principais mercados de cinema mundial.

- Trabalho com limites ainda não estabelecidos no Brasil, e por isso almejo outros mercados. Os padrões internacionais não chegaram no território brasileiro, e são destas culturas que acabo entendendo mais, como a europeia – destacou.

- Sempre gostei de cinema e de TV, mas nunca considerei a área como profissão. Há três anos, comecei a produzir e percebi que há muito a ser feito no mercado, coisas minhas, com minha identidade. Gosto de estudar e experimentar novas formas e, mais do que fazer algo bom, pesquisar e desenvolver coisas ainda maiores. Acredito que a arte é o que transforma a vida no que ela é – completou Pacco.

 

 

 



Edição anterior (1514):
quarta-feira, 02 de janeiro de 2019
Ed. 1514:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1514): quarta-feira, 02 de janeiro de 2019

Ed.1514:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior