Edição anterior (1846):
sábado, 30 de novembro de 2019
Ed. 1846:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1846): sábado, 30 de novembro de 2019

Ed.1846:

Compartilhe:

Voltar:


  Colunistas
Daniella Vita
COLUNISTA 
 

 

 

BRASIL E ALEMANHA:  CULTURA E ARTE

Roseni Kurányi, é uma escritora petropolitana com mais de 20 livros publicados. Seu livro “A Menina e a Árvore” (traduzido em alemão para, Das Mädchen und der Baum, pela editora Papermoon Verlag), foi apresentado na Bienal do Livro do Rio de Janeiro em 2012. A obra conquistou organizações mundiais como - Stop talking, start planting e Plant-for-the-planet, que adquiriram seus exemplares para doar às escolas alemães e aos visitantes da Feira Internacional do Livro em Frankfurt. “Recebi em 2012 com muita emoção da Brazilian International Press Awards, em Londres, a mais importante premiação de cultura brasileira no terreno britânico, um reconhecimento especial por meus trabalhos e por elevar a imagem da mulher brasileira no exterior por meio da arte literária”, disse a autora.

 Roseni Kurányi -  Escritora e Presidente do Rotary Petrópolis Bingen

 

UM BATALHÃO DE MULHERES UNIDAS PELO MESMO IDEAL

Um grupo de amigas (todas esposas de oficiais do 32º Batalhão de Petrópolis), se uniram e criaram um grupo de estudo da Bíblia (sem bandeira de igreja). Elas se reúnem uma vez por mês e também visitam instituições da cidade levando doações. Já visitaram o Abrigo Nossa Sra. das Graças em Corrêas; Oficina de Jesus do Padre Quinha; Lar para Idosos Bougainville; Lar Santa Catarina; Centro Comunitário da LBV no Cascatinha e a APPO. Nas visitas, a banda do Batalhão acompanha o grupo para levar alegria aos visitados. “O grupo é aberto para qualquer mulher que queira buscar Deus por meio do estudo da Palavra e nos ajudar a ajudar quem precisa”, disse Daniela Aziz (médica e esposa do comandante Alan do 32º Batalhão de Petrópolis).

 Daniela Aziz, Iza Braga e amigas do grupo

 

 

PALESTRA SOBRE FEMINICÍDIO

O evento que aconteceu no HAC esta semana, é conhecido como, “Encontro com o autor”, e o autor convidado desta vez foi Felipe Candiota, que escreveu o livro, “Paixão e Esperança, a violência contra a mulher" e é um livro impactante, pois fala de maneira aberta sobre a violência contra a mulher. “Ao contrário do que pode sugerir seu título, a paixão e a esperança aqui mencionadas não são sentimentos saudáveis que unem famílias, mas justificativas para uma cultura social mantenedora da submissão feminina a uma autoridade masculina arcaica, descabida e inaceitável que retrata um feminicídio que aconteceu há dois anos e chamou muito a atenção da mídia municipal e nacional” – explicou o autor.

 Felipe Candiota e plateia

 

RECONHECIMENTO E GENEROSIDADE

Na noite do dia 28 de novembro, esta colunista, recebeu da vereadora Gilda Beatriz, uma Moção pelos relevantes serviços que tem prestado as pessoas carentes de nossa cidade. “Sou carioca, mas moro aqui desde 2007 e me sinto muito honrada pelas amizades que tenho e por fazer parte de uma instituição grandiosa como o Rotary Club. Hoje, como Presidente da Casa da Amizade da Família Rotária de Petrópolis, só tenho a agradecer”. A vida tem seus momentos difíceis, mas tem suas compensações. Ás vezes com um abraço ou uma mensagem de um amigo, coisas que parecem insignificantes, mas que tem uma Importância tão grande, fazem toda a diferença e por isso agradeço aos meus companheiros rotários e principalmente as voluntárias da Casa que fazem tudo com muito carinho. Foi uma noite muito feliz para mim e minha família. Obrigada a todos pelo carinho!

                                                              FOTO: Leandro Rabelais

 Dayellen Vita, Gilda Beatriz e Daniella Vita

 

MARCELO DE CICCO: INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL NA ASTRONOMIA

A Casa de Cláudio de Souza, recebeu no dia 21 de novembro, a palestra, “Os Objetos interestelares: visitantes de fora de nosso Sistema Solar” com Marcelo De Cicco, coordenador do Núcleo de Astronomia Amadora Petropolitana. O evento foi aberto ao público. Marcelo é astrônomo formado no Observatório do Valongo, pesquisador do INMETRO na divisão de Telecomunicações, especialista da área Sistema Solar pelo Observatório Nacional, atualmente coordena o projeto brasileiro cidadão cientista EXOSS de monitoramento de meteoros. Também faz parte do programa FDL/NASA, desenvolvendo pesquisas envolvendo o emprego de Inteligência Artificial na astronomia. Coordena a difusão da astronomia popular na cidade de Petrópolis, através do NAAP - Núcleo de Astronomia Amadora Petropolitana.

 Marcelo de Cicco

 

ESCOLA CRIATIVA IDADE TEM NOITE DE AUTÓGRAFOS MIRIM

Aconteceu essa semana, a primeira “Noite de Autógrafos dos PEQUENOS AUTORES literários”. Após passarem por um processo onde escreveram, ilustraram e digitalizaram suas obras. Os livros foram autografados em uma noite para lá de especial, onde reuniu professores, pais, familiares e amigos dos escritores. Eles encheram de orgulho quem foi à escola prestigiar esse trabalho tão importante e significativo. “Esse foi o primeiro de vários que ainda estão por vir, quero agradecer a todos que nos prestigiaram e pelo maravilhoso trabalho de nossas professoras e equipe, que mais uma vez, deram um show de profissionalismo e competência, estou muito orgulhosa por mais esse trabalho de sucesso”, disse Carla Pujol – Diretora e proprietária da escola

 

 Alcidea e Carla Pujol, professora e autores

 

4º FESTIVAL DE LITERATURA AMBIENTAL DA ABAL

O Festival teve como objetivo promover a literatura ambiental através da divulgação e publicação de poesias e crônicas com temas relativas à sustentabilidade e a preservação, conservação e melhoria do meio ambiente. A cerimônia de premiação foi realizada dia 26, no Salão Nobre do CEFET/Petrópolis, quando foram entregues 10 medalhas e certificados aos autores dos trabalhos escolhidos pelos jurados. Todos os trabalhos selecionados dos festivais de literatura ambiental da ABAL são publicados em um livreto, produzido e distribuído em forma física e digital, cujos direitos foram transferidos para a ABAL. “A Academia Brasileira Ambiental de Letras de Petrópolis, é uma nova e atuante força para ajudar a sociedade a se voltar para um caminho mais sustentável, buscando assegurar que o meio ambiente seja mais valorizado, respeitado e protegido” – disse o Prof. e Pres. da ABAL, Claveland M. Jones.

  Escritores (estudantes) premiados

 

NATAL COM DÓ RÉ MI 

A magia do Natal estará nas vozes do grupo que canta, dança e representa em vários locais da cidade. Os shows, Natal com Dó Ré Mi, acontecerão no dia 07 de dezembro, às 21h no Palácio de Cristal; no Petropolitano dia 15, às 19h e no dia 21, às 20h; no dia 23, às 20h, a garotada se apresenta na praça da Liberdade. O espetáculo foi criado para o Natal 2019 com arranjos inéditos, além de alguns sucessos já consagrados nos shows do grupo. Todas as apresentações têm entrada franca e o Dó Ré Mi também vai participar do grande Concerto Integração --que reúne vários coros do tradicional Segmento de Canto Coral no Natal Imperial --dia 22, às 20h, na praça Visconde de Mauá. 

 Grupo DÓ RÉ MI

 

MUSEU IMPERIAL: ACERVO SEM FRONTEIRAS

A campanha de financiamento coletivo do Museu Imperial tem apoio do BNDES e o objetivo é agilizar o processo de digitalização do acervo. Está no ar a campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) “Museu Imperial: acervo sem fronteiras”, que visa agilizar o processo de digitalização de todos os mais de 300 mil itens do acervo do Museu Imperial, em Petrópolis. A iniciativa foi selecionada pelo programa Matchfunding BNDES+, direcionado a projetos culturais. Diferente do formato tradicional do financiamento coletivo, o BNDES trouxe para o setor, em parceria com a plataforma da Benfeitoria, o financiamento combinado, oferecendo um aporte de mais R$2 para cada R$1 doado. O objetivo é simples: democratizar o acesso a um conteúdo de riqueza inestimável. Vamos ajudar!

 

PRÊMIO DE JORNALISMO EM 2019

Em cerimônia realizada na noite do dia 21/11, na Cidade das Artes, no Rio de Janeiro, a Estácio anunciou os vencedores do Prêmio Estácio de Jornalismo – edição 2019. A festa reuniu mais de 300 pessoas, grande parte delas profissionais de comunicação de todas as regiões do Brasil e colaboradores, docentes e alunos da Instituição também de Petrópolis. Entre os inscritos, a comissão de jurados elegeu 24 finalistas que concorreram em nove categorias, com premiações variando entre R$ 10 mil (mídias regionais), R$ 15 mil (mídias nacionais) e R$ 25 mil (Grande Prêmio Estácio). A grande vencedora da noite foi a série “Financiamento e qualidade das Universidades Públicas”, da Globo News. Leila Sterenberg, uma das autoras da reportagem, comemorou a vitória com seus colegas no palco.

 Nayara Felizardo; Ana Luiza Bongiovani; Gabriel Faleiro; Júlio Vieira; Rodrigo Resende; Itamar Melo; Leila Sterenberg; Mario Caje; Marita Graça; Simone Delgado; Larissa Lopes e Lúcio Sturm

 



Edição anterior (1846):
sábado, 30 de novembro de 2019
Ed. 1846:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1846): sábado, 30 de novembro de 2019

Ed.1846:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior