Edição anterior (1646):
terça-feira, 14 de maio de 2019
Ed. 1646:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1646): terça-feira, 14 de maio de 2019

Ed.1646:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Defesa Civil apresenta calendário de atividades do Plano Inverno na quarta-feira


 A Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias apresenta na próxima quarta-feira (15) um calendário de atividades previstas no Plano Inverno deste ano. São ações educativas e de repressão, que serão realizadas em parceria com diversos órgãos com o objetivo de reduzir os incêndios florestais no período de estiagem. No mesmo dia, acontece a primeira reunião de trabalho das equipes para a atualização das matrizes de atividades e responsabilidades em cima das duas ameaças da estação: incêndios florestais e estiagem.Foram convidadas 58 instituições que atuam na resposta e no atendimento da população em casos de ocorrências, e desta forma, trabalhar os temas em conjunto com os petropolitanos.

Entre as atividades previstas estão sobrevoo de um drone nas áreas propensas às queimadas em apoio aos órgãos ambientais; o Defesa Civil nas Escolas, reforçando as orientações sobre prevenção no ambiente escolar; e as operações de caráter educativo, com a entrega de panfletos nas comunidades. Um simulado com a participação de todos as instituições presentes no Plano Inverno municipal também será realizado. A meta para este ano é ampliar as ações de prevenção, nos bairros e nas escolas.

“O objetivo é aproximar, cada vez mais, a Defesa Civil da população, com o desenvolvimento de ações de prevenção aos desastres nas comunidades e nas escolas. Estamos em uma das cidades de maior risco de tragédias naturais, então precisamos trabalhar de forma antecipando, reduzindo os riscos para a população”, frisa o prefeito Bernardo Rossi.

Criado pela atual gestão, o Plano Inverno foi desenvolvido há dois anos estabelecendo um plano de ações para agilizar a resposta às ocorrências com a participação de diversos órgãos de atendimento. Ele é organizado e atualizado anualmente pela Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias, estabelecendo uma série de ações de prevenção aos desastres de origem natural. O município foi premiado pela Organização das Nações Unidas (ONU) pelo pioneirismo em 2017.

Além de ser uma metodologia inédita no país com relação as ameaças de inverno, o plano vem trazendo resultados positivos para a cidade. O 15° Grupamento de Bombeiro Militar (GBM) de Petrópolis registrou 302 queimadas em 2017, sendo 174 atendidas pelo Destacamento de Itaipava. No ano passado, foram 174 casos ao todo, com 78 desses acontecendo na região do terceiro distrito. As ações em conjunto entre a prefeitura, o Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, órgãos ambientais e o Ministério Público, contribuíram para a redução dos casos.

“O Plano Inverno é um trabalho desenvolvido por muitas mãos. Os resultados positivos são um estímulo e demonstram como é importante as ações antecipadas e organizadas. Vamos trabalhar para reduzir ainda mais os casos de incêndios florestais na cidade”, disse o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz.

Segundo os institutos de pesquisa, a tendência é a temperatura permanecer amena e com menos chuva nos próximos meses. Essa previsão acende o alerta da Defesa Civil, já que é o cenário perfeito para ocorrerem incêndios florestais. “É importante ressaltar que fazer queimadas é crime ambiental e com pena de reclusão. Além disso, o período de estiagem é o mais crítico para o fogo em vegetação e devemos permanecer atentos”, completa o secretário de Defesa Civil.

O lançamento do Plano Inverno municipal acontece no dia 12 de junho, às 14h, na Casa dos Conselhos.



Edição anterior (1646):
terça-feira, 14 de maio de 2019
Ed. 1646:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1646): terça-feira, 14 de maio de 2019

Ed.1646:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior