Edição anterior (1843):
quarta-feira, 27 de novembro de 2019
Ed. 1843:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1843): quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Ed.1843:

Compartilhe:

Voltar:


  Defesa Civil

Defesa Civil inicia calendário de operações nos bairros do Plano Verão 2020

 

Com a visita dos agentes na E.M. Alto Independência, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias iniciou o calendário de operações nas comunidades nesta terça-feira (26.11). O prédio é o ponto de apoio do bairro, que é o mais populoso da cidade e tem um histórico de ocorrências relacionadas às fortes chuvas. Também foram entregues cartilhas de prevenção aos desastres de origem natural para moradores e comerciantes. O objetivo da ação é reforçar a importância do Sistema de Alerta e Alarme para a população, além de preparar os locais de apoio para estarem abertos na estação mais crítica do ano.

A ação teve início com a troca da placa que sinaliza o local como ponto de apoio. Na sequência, os agentes da Defesa Civil fizeram a distribuição de cartilhas com informações de prevenção a desastres naturais. São dicas simples, como o descarte correto do lixo e a instalação de calhas para as águas das chuvas. “É um trabalho que pode salvar vidas. A prevenção de desastres é uma marca da nossa gestão”, garantiu o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato, que acompanhou o trabalho.

Em 2013, por exemplo, a E.M. Alto Independência abrigou mais de 80 pessoas após um dia de chuvas fortes. Segundo o diretor da instituição, Carlos Magno, o trabalho de prevenção é importante para alertar os moradores. “Acredito muito nesse trabalho, principalmente para as pessoas verem que as sirenes realmente funcionam e podem evitar uma tragédia, como aconteceu em 2013. Sempre que é necessário, a Defesa Civil faz o contato solicitando a abertura da escola”, disse.

Os moradores do Independência também receberam bem os agentes da Defesa Civil e elogiaram a preocupação da prefeitura e a continuidade das ações mesmo no período das fortes chuvas. Luiz Henrique da Silva, morador do bairro há 45 anos, destacou a presença do órgão municipal. “É importante ver a equipe da Defesa Civil próxima da gente. Por mais que algumas pessoas reclamem das sirenes, elas salvam vidas. Sei que se a gente precisar, os agentes vão estar aqui para ajudar”, afirmou.

A comerciante Cristiane Botelho destacou a importância das sirenes. "Quando toca, o pessoal já sabe que é para sair de casa e ir para um local seguro. Chove bastante aqui no bairro e a conscientização é sempre muito importante", garantiu.

 “Os pontos de apoio precisam estar abertos para atender a população no momento em que a sirene é acionada pela Defesa Civil. A organização destes locais é parte fundamental do nosso trabalho de resposta, permitindo que a população permaneça em um local seguro até que se retorne à normalidade. Desde o início da nossa gestão, trabalhamos com a prevenção de desastres de origem natural e de forma organizada", reforça o prefeito Bernardo Rossi.

Petrópolis conta com 20 conjuntos de sirenes do Sistema de Alerta e Alarme em 12 comunidades: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe. São 15 pontos de apoio, que são locais seguros para os moradores permanecerem caso os índices de chuva estejam alarmantes. O trabalho será realizado em todas as comunidades.

A próxima ação acontece na quinta-feira (28.11), às 10h, na E.M. José Fernandes da Silva, no Alto da Serra. “É importante que os moradores de áreas de risco do município procurem um local seguro sempre que começar a chover forte, antes mesmo de a sirene tocar. Os alertas das sirenes são o último aviso", completa o secretário de Defesa Civil.



Edição anterior (1843):
quarta-feira, 27 de novembro de 2019
Ed. 1843:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1843): quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Ed.1843:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior