Edição anterior (1458):
quarta-feira, 07 de novembro de 2018
Ed. 1458:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1458): quarta-feira, 07 de novembro de 2018

Ed.1458:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Defesa Civil promove treinamento para os responsáveis pelos pontos de apoio

Encontro acontece na Sala de Cooperação na próxima quinta-feira

Aperfeiçoar o sistema de pontos de apoio que servem de abrigo temporários para os moradores de áreas de risco do município em caso de chuvas fortes. Com esse objetivo, a Secretaria de Defesa Civil e Ações Voluntárias promove o treinamento dos responsáveis pela abertura destes locais na próxima quinta-feira (08.11), às 10h, na Sala de Cooperação. Também será entregue uma cópia da chave de acionamento manual das sirenes para os encarregados pelos pontos de apoio, para que em casos de extrema necessidade, eles liguem o equipamento. O encontro faz parte do conjunto de ações da prefeitura que integram o Plano Verão municipal, que organiza os órgãos de atendimento e prepara as equipes para atenderam as ocorrências da estação mais chuvosa do ano.

Com 234 áreas de risco alto ou muito alto – equivalente a 18% do município – e um déficit habitacional de 12 mil casas, o município segue trabalhando na prevenção aos desastres naturais. Desde o início da gestão do prefeito Bernardo Rossi, as ações e o investimento tem como foco a redução do risco de desastres. No último verão, por exemplo, o governo municipal colocou em funcionamento as sirenes que ficam na região do Vale do Cuiabá – Gentio e Buraco do Sapo.

“É fundamental que os pontos de apoio estejam abertos para atender a população no momento em que a sirene é acionada pela Defesa Civil. Os voluntários que são responsáveis por esse trabalho precisam estar alinhados com as equipes do governo. Estamos trabalhando em conjunto com os moradores para reduzirmos os riscos de desastres”, pontua o prefeito Bernardo Rossi.

Também como forma de intensificar o trabalho antes do período de fortes chuvas, a Defesa Civil está preparando um calendário de operações nas comunidades que contam com as sirenes, com o objetivo de orientar a população e visitar os pontos de apoio existentes no município. Os agentes iniciam o trabalho de orientação em novembro, após o lançamento do Plano Verão 2019 de Petrópolis.

"Vamos visitar todos os locais que contam que as sirenes do Sistema de Alerta e Alarme. Precisamos estar bem próximos dos moradores para que a gente tenha a redução do número de ocorrências. Essa será a segunda edição do nosso Plano Verão municipal e estaremos ainda mais preparados e integrados para enfrentarmos, conjuntamente, as ameaças da estação", garante o secretário de Defesa Civil e Ações Voluntárias, coronel Paulo Renato Vaz, destacando que esse trabalho tem como foco as áreas de maior risco geológico da cidade.

Petrópolis conta com 20 conjuntos de sirenes do Sistema de Alerta e Alarme em 12 comunidades: Gentio, Buraco do Sapo, 24 de Maio, Alto da Serra, Bingen, Dr. Thouzet, Independência, Quitandinha, São Sebastião, Sargento Boening, Siméria e Vila Felipe. Todos os equipamentos estão funcionando perfeitamente. Os testes das sirenes são realizados mensalmente nos dias 10, às 10h, e 20, às 20h.



Edição anterior (1458):
quarta-feira, 07 de novembro de 2018
Ed. 1458:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1458): quarta-feira, 07 de novembro de 2018

Ed.1458:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior