Edição anterior (1915):
sexta-feira, 07 de fevereiro de 2020
Ed. 1915:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1915): sexta-feira, 07 de fevereiro de 2020

Ed.1915:

Compartilhe:

Voltar:


  Chuvas

Margem do rio na Rua Roberto Silveira no Centro está cedendo

Prefeitura informou que não há riscos à via

João Vitor Brum

joaovitor@diariodepetropolis.com.br

 

A grande quantidade de chuva que tem sido registrada no início deste ano está gerando transtornos em todas as camadas da sociedade petropolitana. Deslizamentos de terra, abertura de crateras, quedas de árvores e alagamentos são os principais problemas registrados, em todos os distritos. Na Avenida Roberto Silveira, no Centro, por onde milhares de veículos passam diariamente para acessar o Centro ou bairros como Bingen e Mosela, um deslizamento de terra tem chamado a atenção de quem circula na região.

Há algumas semanas, após uma tempestade, a calha do rio deslizou até o leito, no sentido bairro, deixando a calçada sem nenhum tipo de apoio. Para motoristas que passam diariamente pela via, a situação é preocupante.

- Por mais que, aparentemente, o trecho da rua não tenha sido afetado, fico com medo de que este deslizamento provoque outros problemas, como o sedimento do asfalto neste trecho. Espero que resolvam logo - disse o professor Antônio Machado, morador do Quarteirão Ingelhein.

Questionada, a Secretaria de Obras informou que já esteve no local e constatou um deslizamento de pequeno porte na calha do rio, que não traz riscos para a via. Ainda assim, a Defesa Civil também irá ao local para verificar o trecho.



Edição anterior (1915):
sexta-feira, 07 de fevereiro de 2020
Ed. 1915:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1915): sexta-feira, 07 de fevereiro de 2020

Ed.1915:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior