Edição anterior (2132):
sexta-feira, 11 de setembro de 2020
Ed. 2132:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2132): sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Ed.2132:

Compartilhe:

Voltar:


  Diário Comunidades

Descarte de resíduos na Travessa Vereador Arnaldo de Azevedo

Irregularidade dificulta, ainda mais, o tráfego pelo local

Camila Caetano – especial para o Diário 

 Há pouco mais de uma semana, o Diário fez uma matéria sobre o estacionamento irregular de carros que acontece na Rua Vereador Arnaldo de Azevedo (Alto da Serra) e prejudica o tráfego de veículos e pedestres pelo local. Agora, além disso, uma obra que tem acontecido por lá, tem descartado os resíduos irregularmente, agravando ainda mais esta situação.

As denúncias revelam que este tipo de ocorrência por lá também é constante, no entanto, agora, tem recebido mais evidência porque, os cidadãos suspeitam que os resíduos colocados à beira da rua, são fruto da obra que uma operadora de telefonia está realizando em uma de suas torres. Dessa forma, as pessoas que já tinham dificuldades em trafegar por ali devido ao estacionamento irregular, estão tendo que se esforçar cada vez mais para circular pela região.

Em fotos que foram divulgadas na internet, é possível perceber que resíduos como lama, e pedra, chegam a ocupar mais da metade da rua, forçando os veículos a passarem por cima dos mesmos.

- Aqui já temos problemas de estacionamento irregular, mas, o descarte de material também é frequente. Muitas vezes, realizam podas e os restos ficam espalhados por aqui. Dessa vez, acredito que os resíduos são frutos de uma obra numa torre de celular que tem aqui – informou uma cidadã, que não quis se identificar.

A Prefeitura informou que o despejo de restos de obras, mato, móveis e eletrodomésticos sobre ruas e calçadas é proibido pelo Código de Posturas do município. A destinação correta é levar o material para o aterro de Pedro do Rio. Quem é flagrado cometendo a irregularidade é intimado a fazer a remoção imediata e recebe multa de R$ 800.

A população pode ajudar a coibir o descarte irregular de entulho denunciando os casos para a Fiscalização de Posturas pelo telefone 2246-9043.
A Comdep oferece o serviço de recolhimento gratuito de até 20 sacos de entulho por meio do serviço Disque Entulho – os agendamentos podem ser feitos pelo telefone 2243-7822.

A denúncia sobre o descarte irregular será apurada pela Fiscalização de Posturas e a Comdep vai incluir o local mais uma vez na programação das equipes operacionais para receber o serviço de remoção de entulho.



Edição anterior (2132):
sexta-feira, 11 de setembro de 2020
Ed. 2132:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2132): sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Ed.2132:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior