Edição anterior (1710):
quarta-feira, 17 de julho de 2019
Ed. 1710:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1710): quarta-feira, 17 de julho de 2019

Ed.1710:

Compartilhe:

Voltar:


  Estado

Dezesseis radares serão desligados e retirados das áreas de risco nas estradas estaduais

 

Depois de um encontro na sede do Departamento de Estradas de Rodagem, no início deste mês, entre o presidente do DER-RJ, Uruan Cintra de Andrade, e comandante do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv),  coronel Porto, o órgão recebeu do batalhão, responsável por monitorar nossas estradas estaduais, uma primeira lista com algumas das principais áreas de risco próximas às rodovias do estado. Com a relação em mãos, o departamento vai desativar, já nos próximos dias, dezesseis equipamentos de fiscalização eletrônica, localizados nessas áreas, cumprindo, assim, uma exigência da Lei estadual 7.580/17.

“A medida possibilitará que todos os motoristas circulem pelos trechos próximos às áreas de risco, sem receio de multas, em qualquer horário do dia e da noite. Os radares não serão simplesmente desligados. Eles serão também retirados dos locais identificados pelo BPRv”, afirma Uruan, presidente do DER-RJ.

A primeira lista, com os dezesseis radares, engloba as RJs 104 e 106. Outros equipamentos poderão ser desligados, assim que o departamento obtiver informações do BPRV sobre novas áreas de risco próximas às rodovias.

“Também sou usuário das nossas estradas e sei o quanto é importante motoristas e pedestres se sentirem seguros nas rodovias. Posso falar apenas em nome desta gestão e afirmar que o DER-RJ vai cumprir a lei. Já nos próximos dias, os equipamentos serão desativados e retirados dos locais próximos a áreas de risco. E vamos esperar um novo mapeamento, a ser enviado pelo BPRV, fechando assim a lista com os trechos mais violentos de todo o estado. Nossa população merece esse cuidado", diz Uruan.

Segundo o comandante do BPRv, coronel Porto, o mapeamento está sendo feito com base nos indicadores criminais de Segurança Pública: “A retirada desses radares vai ser boa também para o batalhão, pois poderemos deslocar equipes que, hoje, ficam paradas nas proximidades dos equipamentos, para evitar abordagens de criminosos à população. Esses policiais poderão patrulhar outras áreas”.



Edição anterior (1710):
quarta-feira, 17 de julho de 2019
Ed. 1710:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1710): quarta-feira, 17 de julho de 2019

Ed.1710:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior