Edição anterior (1583):
terça-feira, 12 de março de 2019
Ed. 1583:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1583): terça-feira, 12 de março de 2019

Ed.1583:

Compartilhe:

Voltar:


  Saúde

‘Dia D’ contra a dengue, chickungunya e zika em Petrópolis  será sexta-feira 

Ação intensificará ainda vacinação contra febre amarela em 14 unidades de saúde da cidade


                 A Prefeitura realiza o Dia D contra a Dengue, Chickungunya e Zika nesta sexta-feira (15.03). Durante todo o dia, 50 agentes da Coordenadoria da Vigilância Ambiental farão um trabalho de conscientização e prevenção pela cidade. Serão realizadas panfletagens pelas ruas e nos terminais de transporte público, além de atuação direta nos bairros de maior registro de casos suspeitos, como Meio da Serra, Vila Rica e Madame Machado.Petrópolis acompanha o crescimento de casos confirmados de chickungunya.  Este ano, o município contabilizou 18 registros enquanto que em 2018 foram notificados apenas seis casos.

“Petrópolis sempre teve baixa incidência de chickungunya, mas esse ano verificamos um aumento considerável se avaliarmos o histórico do município. Precisamos diminuir a proliferação do mosquito e para isso contamos com o apoio da população. Nosso agentes estão nas ruas e nas casas fazendo o trabalho de conscientização e prevenção. Precisam que todos se juntem nessa luta contra a proliferação do mosquito na cidade”, destaca o prefeito, Bernardo Rossi.

O Dia D contra as arboviroses, transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti, contará ainda com a intensificação da vacina contra a febre amarela. Na sexta-feira,14 unidades de vacinação estarão com os estoques reforçados para o atendimento de quem ainda não recebeu a dose. Petrópolis tem uma cobertura de 86% de população imunizada, o que representa 256.248 pessoas.

O combate a dengue, chickungunya e zika é feita de forma rotineira pela cidade. Os agentes da Vigilância Ambiental realizam trabalho de vistoria nos bairros e residências para a prevenção e combate ao surgimento de focos de larva do mosquito transmissor de doenças. Quando há um caso suspeito os agentes atuam diretamente na região e residência da pessoa.Em 2019 foram realizadas, até o momento, 26.320 visitas a residências e confirmados 5 casos de dengue e 28 de chickungunya.

                Durante a atuação de prevenção, os agentes identificaram focos dos mosquitos nos bairros de Cascatinha, Boa Vista, Carangola, Roseiral, Corrêas, Itaipava, Independência, Vila Felipe, Siméria, Valparaíso, Provisória, Nogueira, Bonsucesso, Alcobacinha, Quissamã, Morin, Alto da Serra, Retiro, Mosela, Madame Machado, Vila Rica, Pedro do Rio e Posse.

                “A ação do Dia D vai fortalecer esse trabalho de prevenção e principalmente de conscientização da população. O combate às arboviroses depende muito do comportamento da população no sentido de não manter ambientes favoráveis ao surgimento de foco do mosquito. Optamos por realizar a campanha de conscientização na sexta para garantir um maior alcance das orientações de prevenção e combate, tendo em vista de que sábado será feriado”, destaca a secretária de Saúde, Fabíola Heck.

                Em 2018 foram confirmados sete casos de dengue, seis de chickungunya e nenhum de zika. Em 2017 foram 49 casos de dengue, dois de zika e quatro de chickungunya. No município, nos últimos três anos, até o momento, não foram registrados óbitos na cidade em decorrência da dengue.

                Entre as orientações repassadas para a população estão o cuidado em manter os reservatórios de água vedados, evitar o acúmulo de água limpa, como em pratos de planta, garrafas, pneus e manutenção rotineira das residência para verificação de possíveis focos.

Unidades com salas de vacinação contra a febre amarela:

PSF Alto da Serra - Rua Teresa, 2024, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

PSF Posse - Estr. União Indústria, n.º 33.530, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

PSF São Sebastião - Rua São Sebastião, nº 625, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

PSF Alto Independência - Rua José Lino s/nº, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

UBS Morin - Rua Pedro Ivo, n.º 81, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

UBS Mosela - Rua Mosela, 744, com horário de funcionamento das 8h às 20h.

UBS Itaipava - Estrada Philúvio Cerqueira Rodrigues, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

UBS Pedro do Rio - Estr. União Indústria, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

UBS Quitandinha - Rua General Rondon, nº 400 e 490, com horário de funcionamento das 8h às 20h.

UBS Retiro - Av. Barão do Rio Branco, 3027(ao lado da 105ª DP, com horário de funcionamento das 8h às 20h.

Centro de Saúde Coletiva - Rua Santos Dumond, 100, com horário de funcionamento das 8h às 20h.

Centro de Saúde Itamarati - Rua Bernardo Proença, n.º 32, com horário de funcionamento das 8h às 20h.

Ambulatório Escola - Rua HivioNaliato, 899, Cascatinha, com horário de funcionamento das 8h às 16h.

Hospital Alcides Carneiro - Rua Vigário Correa, 1345 – Corrêas, com horário de funcionamento das 8h às 16h.



Edição anterior (1583):
terça-feira, 12 de março de 2019
Ed. 1583:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1583): terça-feira, 12 de março de 2019

Ed.1583:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior