Edição anterior (1978):
sexta-feira, 10 de abril de 2020
Ed. 1978:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1978): sexta-feira, 10 de abril de 2020

Ed.1978:

Compartilhe:

Voltar:


  Educação

Educação: Como falar sobre o coronavírus com crianças e adolescentes

A interação entre a família e as crianças e jovens durante o período de isolamento social é muito importante e é por isso que a Secretaria de Educação, através do Departamento de Educação Especial, está enviando orientações e dicas para os gestores das instituições de ensino para que sejam repassadas para os pais e responsáveis. Um dos temas abordados é justamente o coronavírus – como falar sobre o assunto e explicar a mudança na rotina por causa das ações de prevenção.

Materiais diversos estão sendo feitos pela Educação para que sejam repassados aos gestores, sempre com dicas lúdicas que podem auxiliar os pais na rotina em casa.

“Importante a realização de atividades que envolvam toda a família, o estabelecimento de uma rotina e, principalmente, a conversa sobre o que está acontecendo com as crianças e adolescentes. Eles também precisam entender o contexto e as ações de prevenção”, explica a secretária de Educação, Marcia Palma.

Entre as dicas estão:

Antes de informar a criança sobre o coronavírus, pergunte o que a criança sabe sobre o assunto;

 Use linguagem clara e simples com a criança. Explique que o coronavírus é um novo vírus e os sintomas são parecidos com da gripe que já conhecemos, mas, podem ser muito perigosos para pessoas que são do grupo de risco;

Escute o que a criança ou o adolescente tem a dizer. Isso ajuda a diminuir a angustia. Deixe claro que sentir medo é natural, mas, vocês estão juntos;

“A atenção deve ser redobrada nesse momento em que as crianças ficam mais isoladas. Algumas dicas são simples e com estabelecimento de uma rotina, fica mais fácil administrar o isolamento. O mais importante é conversar muito com as crianças e jovens”, explica Bianca Caetano, chefe do Departamento de Educação Especial.

O Departamento também está disponibilizando um email e telefone para suporte no atendimento durante período de suspensão das aulas: psicologiaescolar.pmp@gmail. com 

 O departamento está disponibilizando, inclusive, o atendimento por telefone de segunda a sexta-feira. Os números foram repassados para os gestores das escolas.

 



Edição anterior (1978):
sexta-feira, 10 de abril de 2020
Ed. 1978:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1978): sexta-feira, 10 de abril de 2020

Ed.1978:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior