Edição anterior (1960):
segunda-feira, 23 de março de 2020
Ed. 1960:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1960): segunda-feira, 23 de março de 2020

Ed.1960:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

Empreendedores dão dicas para auxiliar no home office

 

 Período de quarentena não pode ser visto como férias coletivas

Camila Caetano – especial para o Diário

A quarentena para frear a propagação do novo coronavírus tem feito com que muitas pessoas confundam esse período de cautela com férias coletivas. Isso gera algumas dificuldades ao executar o home office, modelo de trabalho mais recomendado, já que as pessoas não precisam sair de casa para realizar seus ofícios.

Tendo em vista os empecilhos existentes para manter a produtividade dentro de casa e espantar os fantasmas da procrastinação, os empresários Rafael Ramilos e Roberta Gheren dão algumas dicas que podem ser úteis para aqueles que precisam empenhar mais esforços na hora de manter a mesma rotina de trabalho, mas sem sair de casa, para que ninguém confunda a quarentena com um longo final de semana. 

- O home office significa ter uma disciplina gigantesca, e não trabalhar comendo pizza ou bebendo litros de café como as pessoas pensam por aí. Quem não tem organização, não consegue trabalhar em casa – diz Roberta, que além de suas carreiras no jornalismo e no cinema, também dá consultorias e mentorias de desenvolvimento.      

- Pra esse período, além de um bom planejamento precisamos de agilidade ao colocar as coisas em prática para ver se darão certo ou se precisaremos de mudanças – diz Rafael, Diretor de Marketing e Comunicação na Perspektiva.    

Orientações para o home office

Rafael começa dizendo que, para trabalhar em casa, é preciso ter disciplina, flexibilidade, e criatividade – principalmente na hora de pensar na segurança de todos. Tendo em vista esses pré-requisitos, ele recomenda as Técnicas Pomodoro e a Ferramenta PDCA.

Em sua língua original, o PDCA significa Plan, Do, Check, e Act, que significa: Planejar, Fazer, Chegar, e Agir. Já a Técnica Pomodoro, consiste em dividir as atividades em quatro ciclos de 25 minutos, com intervalos de cinco minutos entre cada
um deles.

- O PDCA começa em localizar os problemas, estabelecer quais serão as ações e em seguida colocar os planos em prática. Tenho aplicado esse processo na minha empresa e acredito que possa funcionar muito com outras pessoas também – diz Rafael, que complementa:- O Pomodoro facilita a organização do tempo de estudo e do tempo de trabalho, pois agimos ininterruptamente por 25 minutos. É importante que durante os intervalos de cinco minutos, as pessoas relaxem e façam algo diferente da atividade que estão realizando. Antes de darmos inicio a outro ciclo, podemos dar uma pausa maior, de meia hora, por exemplo – alerta o Diretor de Marketing e Comunicação, que no momento também está fazendo um MBA em Consultoria e Gestão de Marketing na PUC MG. 

- Nossa mensagem maior é sobre as pessoas conseguirem aproveitar a quarentena com disciplina para fazer o que elas têm que fazer. Que utilizem mais a criatividade, sem perder as esperanças de que esse momento ruim vai passar, mas até então,
precisamos cuidar dele – finaliza.

Cuidados com o home office

Já Roberta Gheren, que também é proprietária da empresa Geração Audiovisual, salienta que mesmo estando em casa, é preciso manter a rotina que se tinha fora dela, e criar um cronograma para que seja mais fácil planejar o dia, inclusive é preciso se alimentar bem e praticar exercícios pois durante a quarentena nosso corpo precisa estar mais resistente.

- Hoje em dia minha rotina é 80% home office, mas quando comecei, tive que me adaptar, e sei que não é nada fácil. Tive que manter a mesma rotina que tinha quando trabalhava fora de casa para o meu corpo entender que eu não estava ali relaxando nem nada do tipo, pois caso contrário, minha mente não produziria – diz Roberta.

Ela reitera dizendo que é importante planejar atividades básicas, mas que ajudam no despertar do dia, como por exemplo, a hora de acordar, a hora do banho e afins.

- Mesmo trabalhando em casa, é bom termos algumas medidas rotineiras como essas, e até mesmo, trocar de roupas. Trabalhar em casa já é confortável, se tivermos questões que ainda deixam mais confortáveis, nós não iremos produzir nada – ressalva ela, que complementa: também é o momento de inovar, e usar as redes sociais a nosso favor. Uma manicure pode começar a dar dicas de cores para esmaltes em seu Instagram, e por aí vai. Tem que aproveitar esse momento para utilizar a criatividade e produzir melhor, pois isso é algo que ninguém consegue fazer quando se está preocupado em bater metas – conclui.

Vale ressaltar que Rafael e Roberta têm feito algumas transmissões ao vivo com mais dicas em seus perfis no Instagram que podem ser encontrados como @rafaelramilos e @robertagheren, respectivamente.



Edição anterior (1960):
segunda-feira, 23 de março de 2020
Ed. 1960:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1960): segunda-feira, 23 de março de 2020

Ed.1960:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior