Edição anterior (2016):
segunda-feira, 18 de maio de 2020
Ed. 2016:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2016): segunda-feira, 18 de maio de 2020

Ed.2016:

Compartilhe:

Voltar:


  Empreendimentos

Empreendedores são protagonistas na era de inovações tecnológicas

Segundo analista do Sebrae, novas eras requerem novas estratégias de negócio

Camila Caetano – especial para o Diário


 Segundo alguns pesquisadores, a pandemia ocasionada pelo novo coronavírus veio para romper de vez as estruturas do mundo velho e possibilitar o surgimento de um mundo novo, onde a tecnologia não será utilizada somente para agregar e auxiliar as relações interpessoais, mas promete ser também, um forte canal essencial para a consolidação de todas essas relações.

No entanto, para que esta série de inovações tecnológicas possam acontecer de fato, os empreendedores dos mais diversos setores da sociedade têm que tomar as iniciativas necessárias e se adequar ao cenário que a crise requer. Segundo Marília Santanna (foto), analista da coordenação da base tecnológica do Sebrae, os empreendedores são os protagonistas para uma revolução digital. De acordo com ela, a pandemia veio para acelerar tal revolução.

- A pandemia veio para acelerar esse processo de revolução digital que já estava previsto, o que tem assustado aos empresários é que agora eles se veem obrigados a aprender tudo da noite pro dia, pois se não se adequarem a isso, não poderão manter o funcionamento de seus negócios durante a quarentena. Esta crise é uma grande virada tecnológica em que até os negócios tradicionais terão que estar ligados à tecnologia para garantir sua sobrevivência no mercado – contou ela, acrescentando que neste momento, a tecnologia está fazendo com que as pessoas reinventem a si, as suas carreiras e seus empreendimentos.

De acordo com ela, os microempresários que representam cerca de 98% das empresas brasileiras e geram em torno de 60% dos empregos, têm que saber que nesta era de crise precisam ser protagonistas, fazer bons planejamentos para inovação, e tornar o seu negócio forte após covid.

- Os empreendedores são protagonistas nessa nova era de inovações. Temos tendência a pensar que a inovação tecnológica só parte daquelas pessoas que estão dentro de laboratórios mexendo com bactérias ou computadores, mas a inovação tecnológica pode ser completamente acessível a qualquer estágio de empresa. A adequação às plataformas digitais, como por exemplo o iFood e afins, já é uma forma de inovação – disse ela, que complementou dizendo que o edital que o Sebrae lançou em abril em parceria com o Parque Tecnológico da UFRJ, e a Associação Brasileira de Startups e Saúde reuniu mais de 400 pessoas envolvidas de alguma forma com o empreendedorismo para apresentar soluções tecnológicas ligadas aos desafios globais.

Conselho aos empresários

Diante dos fatos, Marília dá algumas dicas para a sobrevivência de empresas neste período, e aproveita para relembrar a frase do filósofo Arnold Toynbee que diz que "aqueles que vivem em uma era de crises devem se tornar fortes para transformá-la em uma era melhor".

Ela reitera afirmando que as plataformas digitais são apenas formas de atingir ao cliente, e que no entanto, ter um bom modelo de negócio continua sendo essencial para que a empresa seja escolhida por ele.

- Com a pandemia o empreendedor se vê obrigado a tomar decisões e usar a tecnologia a seu favor, pois caso contrário, sua empresa não sobreviverá. Para tomar essa iniciativa, os empresários precisam reagir e buscar apoio do ecossistema de inovações. Eles precisam se atualizar, procurar associações comerciais, o Sebrae, e afins. Também precisam conversar e ouvir tendências de como outros empresários do setor dele estão reagindo para lidar com a crise. O ecossistema é uma rede de instituições que pode ajudá-lo no planejamento – diz ela, continua:- com a chegada dos sites, todos achávamos que as lojas fechariam, mas aconteceu ao contrário. O site veio para agregar e dar mais valor para a venda física, assim como os aplicativos. Agora os empreendedores precisam se esforçar, pois com estratégias antigas, não conquistarão resultados novos – finaliza.

 

 

 



Edição anterior (2016):
segunda-feira, 18 de maio de 2020
Ed. 2016:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2016): segunda-feira, 18 de maio de 2020

Ed.2016:

Compartilhe:

Voltar:







Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior