Edição anterior (1581):
domingo, 10 de março de 2019
Ed. 1581:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1581): domingo, 10 de março de 2019

Ed.1581:

Compartilhe:

Voltar:


  Educação

Escolas com educação integral já atendem 1.668 alunos

Rede municipal conta com 15 espaços que oferecem atendimento diferenciado


 Petrópolis vem se destacando na oferta de educação em tempo integral: neste ano, 15 espaços estão oferecendo esse tipo de atendimento que prioriza o maior tempo do aluno na unidade escolar com acesso a atividades diversificadas. O investimento na educação em tempo integral coloca Petrópolis no rumo certo: até 2025 o governo federal estipula que 50% dos alunos da rede precisam estar em escolas de tempo integral. Essa mudança na rede municipal vem acontecendo gradativamente: em 2017 eram quatro escolas que ofertavam esse tipo de atendimento.

 “É um atendimento diferenciado que proporciona o acesso a atividades esportivas e culturais diversificadas além do reforço em Língua Portuguesa e Matemática, ou seja, é um ganho para toda a rede municipal.  É uma alegria muito grande conferir de perto o salto que a rede municipal está dando com relação à oferta do atendimento integral. Em 2017 eram quatro escolas e em 2019 pulamos para 15”, destacou o prefeito Bernardo Rossi.

Além das aulas diversificadas, os alunos no integral têm a refeição reforçada. “Com o integral aumentamos a oferta de alimentos para esses alunos e garantimos a segurança. Os pais podem trabalhar tranquilos porque sabem que os filhos estão sendo atendidos no ambiente escolar”, completa Bernardo Rossi. Vale salientar que a educação integral está de acordo com as metas estabelecidas no Plano Nacional de Educação e também no municipal.

Passaram a atender de forma integral em 2019 as escolas: EM Johan Noel – 4º p até o 3º ano do fundamental; EM Luiz Carlos Soares (Morin) – 4º período ao 3º ano do ensino fundamental; EM Senador Mário Martins (Caxambu) – do 4° período da educação infantil até o 5° ano do ensino fundamental; EM Monsenhor Cirillo Calaon (Jardim Salvador) – 1° período da educação infantil até o 3° ano do ensino fundamental e EM Magdalena Tagliaferro (Castelo São Manoel) – do 4° período da educação infantil até o 5° ano do ensino fundamental.

Além das cinco novas escolas que passarão a atender de forma integral em 2019, já oferecem esse tipo de atendimento as unidades escolares: Ana Mohammad (Sargento Boening), Soroptimista (Pedras Brancas), Leonardo Boff (Duarte da Silveira / Contorno), Colégio Gunnar Vingren (Valparaíso), Professor Nilton São Thiago (Nogueira), São Francisco de Assis (Moinho Preto), São João Batista (Duarte da Silveira), Dom Pedro de Alcântara (BR-040). Além dessas, duas escolas oferecem atendimento integral a partir de projetos distintos: Escola Santo Antônio do Vale do Cuiabá / Padre Quinha e o Centro Educacional Comunidade São Jorge.

“Vale destacar que as unidades que passaram a oferecer atendimento integral passaram por melhorias no início do ano, tudo para garantir o conforto dos alunos e servidores que atuam nesses espaços escolares”, afirma a secretária de Educação, Marcia Palma.

Os pais que quiserem informações sobre o funcionamento das escolas que funcionam integralmente podem procurar o Departamento de Inspeção Escolar da Secretaria de Educação – 2246-8675.



Edição anterior (1581):
domingo, 10 de março de 2019
Ed. 1581:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1581): domingo, 10 de março de 2019

Ed.1581:

Compartilhe:

Voltar:


Casando com Estilo








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior