Edição anterior (1730):
terça-feira, 06 de agosto de 2019
Ed. 1730:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1730): terça-feira, 06 de agosto de 2019

Ed.1730:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Espaço Empreendedor bate recorde com 1.839 atendimentos em julho de 2019

Em todo o primeiro semestre foram 7.895 atendimentos

 

A retomada da economia está diretamente ligada a desburocratização dos serviços e é justamente por isso que a prefeitura mantém, no Espaço Empreendedor, serviços de várias secretarias em só local e sem necessidade de agendamento prévio. E essa facilidade pode ser comprovada com o aumento no número de atendimento no EE a cada mês. Em julho, o número foi recorde: 1.839 pessoas procuraram o EE. Nesses sete primeiros meses do ano, o registro chegou a 7.895 atendimentos.

“O Espaço Empreendedor é referência para aqueles que buscam aumentar os seus negócios ou, ainda, desejam investir em um negócio próprio e precisa tirar suas dúvidas sobre a legalização do empreendimento. Desde o início do governo o poder público vem investindo na desburocratização dos serviços para garantir o estimulo ao crescimento econômico dos setores produtivos da cidade e o EE é o exemplo disso”, afirma o prefeito Bernardo Rossi.

Do total de atendimentos no mês de julho, 1.418 são referentes aos atendimentos da Jucerja - Junta Comercial do Rio de Janeiro: MEI, alvará, Nota Fiscal Eletrônica, Autenticação de livro e consultoria jurídica. Os demais, 421, são referentes a outras secretarias como Incentivos Fiscais, Protocolo Geral e Solicitação de Microcrédito da AgeRio.

“Ao compararmos o número de atendimentos nos primeiros sete meses do ano passado, com os 7.895 registrados nesse ano, chegamos a um aumento de 39% no atendimento e isso prova que o local se tornou uma referência no atendimento dos empreendedores. Não é necessário agendamento prévio e, além disso, o EE mantém um site com informações importantes para os empresários”, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Marcelo Fiorini.

O número de atendimentos confirma o novo perfil da economia em Petrópolis que vem mostrando o surgimento de empresas menores, em maior quantidade e de segmentos diferentes. Este ano, até junho, de acordo com um levantamento da Secretaria de Fazenda, foram criadas 26 indústrias, 82 lojas e 38 pontos de prestação de serviços. Além desses, mais 1.089 registros de Microempreendedor Individual (MEIs) em várias áreas.

“Além do atendimento no EE que fica no Centro Administrativo, temos o site do EE. Nele é possível esclarecer algumas dúvidas sobre Alvará Online, Nota Imperial Eletrônica e Incentivo Fiscal. Tudo feito para mostrar que a desburocratização é uma realidade em Petrópolis e fomenta os novos negócios”, garante Eduardo Barbosa, diretor do Departamento de Desenvolvimento Econômico e responsável pelo EE.

No EE os empresários também têm acesso a outros serviços como: Informações sobre alvará, Autenticação de livro, Mais Valia (Secretaria de Obras), Departamento de Trabalho e Renda, Incentivos fiscais (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), Posturas e IPTU (Secretaria de Fazenda), atendimento ao produtor rural, Protocolo Geral, Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Meio Ambiente. Um serviço que é bastante procurado é o de cadastro de vagas no Balcão de Empregos.  O atendimento no EE ocorre de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h, no Centro Administrativo Frei Antonio Moser – Avenida Barão do Rio Branco, nº 2846.



Edição anterior (1730):
terça-feira, 06 de agosto de 2019
Ed. 1730:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1730): terça-feira, 06 de agosto de 2019

Ed.1730:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior