Edição anterior (1914):
quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020
Ed. 1914:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1914): quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020

Ed.1914:

Compartilhe:

Voltar:


  Geral

Estado começa a liberar recursos de convênios para a saúde

 Areal e Levy Gasparian assinaram Termos de Cooperação Técnica; Petrópolis também apresentou proposta


Philippe Fernandes


O Governo do Estado anunciou ontem (5) que fechou 13 Termos de Cooperação Técnica com prefeituras do interior do Estado para a área da Saúde. Os valores haviam sido garantidos pelo governador Wilson Witzel em dezembro, e estão começando a ser liberados agora. Neste primeiro lote, são R$ 139,5 milhões em investimentos na construção de Unidades Básicas de Saúde (UBSs), nas redes de alta e média complexidade, além da reforma e compra de equipamentos. Municípios próximos a Petrópolis, como Areal e Comendador Levy Gasparian, foram incluídos, bem como São Gonçalo, Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis, Araruama, Paracambi, Tanguá, Mendes, Engenheiro Paulo de Frotin, Laje do Muriaé e São José de Ubá. 

Os recursos que estão sendo liberados agora são fruto dos termos de cooperação técnica assinados em dezembro de 2019, em um total de R$ 500 milhões em aportes para 79 Prefeituras. O acordo é para a estruturação de unidades de saúde e Petrópolis também apresentou propostas. Por aqui, o município incluiu no projeto a reforma e ampliação da UBS Águas Lindas e do Centro de Saúde; a reforma da UBS Oswaldo Cruz; reforma e ampliação do Centro de Imagens do Hospital Municipal Nelson de Sá Earp (HMNSE); a implementação do projeto "Visão de Futuro", de acuidade visual, com o fornecimento de óculos; além da aquisição de aparelhos de ressonância magnética, raio-x, mamógrafo e cirúrgica. O município também incluiu na proposta, que tem valor total de R$ 41 milhões, a aquisição de equipamentos para as ampliações de leitos na UTI do HMNSE e do Hospital Alcides Carneiro (HAC), bem como equipamentos para a atenção primária em saúde (postinhos e UBSs).

Após o Termo de Cooperação Técnica assinado, o trâmite funciona assim: as secretarias municipais deverão respeitar os projetos e apresentar os cronogramas à Secretaria de Estado de Saúde, que, mediante a uma prestação de contas sobre as obras, repassará o dinheiro.

Em material distribuído à imprensa pelo governo estadual, o secretário de Saúde, Edmar Santos, lembrou que os recursos servem para qualificar os atendimentos em vários municípios, humanizando a assistência.

- No ano passado, o governador garantiu os recursos por intermédio de convênio, e estamos materializando com as assinaturas dos termos. São repasses que vão melhorar o atendimento na ponta do processo, com a construção de novas unidades, aquisição de tomógrafos, mamógrafos, oferecendo ao profissional e à população um atendimento de qualidade. Nosso foco é estar próximo ao cidadão com prestação de serviço qualificado - destacou.

 

 



Edição anterior (1914):
quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020
Ed. 1914:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (1914): quinta-feira, 06 de fevereiro de 2020

Ed.1914:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior