Edição anterior (2421):
domingo, 27 de junho de 2021
Ed. 2421:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2421): domingo, 27 de junho de 2021

Ed.2421:

Compartilhe:

Voltar:


  SAÚDE/BEM ESTAR

Exercício físico em casa: pandemia trouxe novos hábitos que vieram pra ficar

 


 

Roberta Müller – especial para o Diário

             A pandemia do coronavírus mudou a rotina das pessoas em todo o mundo, e alguns novos hábitos que surgiram durante o isolamento social têm mostrado que vieram pra ficar, mesmo após o tão sonhado fim das restrições. É o caso das atividades físicas em casa. Apesar de as academias estarem abertas em Petrópolis desde o ano passado, por exemplo, muita gente preferiu continuar com os treinos na varanda, na sala ou até mesmo no quarto de casa, e não pretende voltar à rotina de antes da pandemia. Esse tipo de comportamento fez com que mudasse também os rumos dos profissionais de educação física. O setor precisou se reinventar e oferecer novos serviços.

            A designer gráfica Simone Lobo é uma das que não pretende mais abandonar o hábito de praticar atividade física em casa ou em espaços abertos, como parques. Durante a pandemia, ela contratou o serviço de um personal trainer para auxiliar nos treinos e nunca mais quis outra coisa. “A vida toda eu malhei em academia, ai quando vim morar em Petrópolis eu estava tentando buscar um tipo de exercício alternativo. Foi um pouquinho depois da pior fase do início da pandemia”, explica. Hoje, ela diz que não só se adaptou à nova rotina, como prefere. “A gente faz mil coisas diferentes, tem o treinamento que a gente faz no jardim da minha casa com halter, colchonete, thera band. Também faço trilha, caminhada, corrida em ladeira, treinamento de bike na BR”, completa.

            O profissional de educação física Rodrigo Lahr, que é personal trainer, afirma que, assim como Simone, grande parte de seus clientes não pretendem voltar para a academia e manterão o atendimento a domicílio. 

“Vejo que com certeza esse modelo veio para ficar. No início da pandemia eu  tive que migrar para o modo de treinos online com os clientes que eu já tinha na minha cartela. Consegui mantê-los com a esperança de que a pandemia seria uma coisa passageira, até porque não sabíamos nada sobre o vírus. Alguns clientes não conseguiram se adaptar a esse estilo de treino, e infelizmente não consegui mantê-los. Notando a perda de alguns clientes pensei em logo fazer um curso de marketing digital e como eu poderia migrar para as consultorias online até tudo normalizar ou flexibilizarem um pouco mais as restrições”, explica o professor.

            Rodrigo criou uma plataforma própria de consultoria online que deu certo. Segundo o profissional, quando as restrições foram ficando mais flexíveis, ele começou a oferecer aos alunos que treinava em academias a possibilidade de ir até a casa deles. “Mostrei a eles que fiz um curso e me capacitei para ter os devidos cuidados perante a covid19. E aí que tudo começou a fluir de uma forma que nem eu mesmo esperava. Um cliente ia falando para outras pessoas o meu método de trabalho. Isso faz eu otimizar o tempo das pessoas, porque imagina uma pessoa que sai do trabalho, se desloca para a academia, treina, toma banho, volta pra casa, perderia no mínimo três horas do seu dia. Com o atendimento a domicílio a pessoa pode estar em casa, treina uma hora e ganha tempo, sem contar que até aquelas pessoas que por algum motivo tinham e têm vergonha de frequentar a academia isso se tornou mais um nicho”.

            Para Simone, sair do monótono dentro de casa é o que mais motiva a continuar com as atividades. “Pra mim foi uma coisa que realmente saiu do monótono, a gente tem um treinamento super diferenciado todos os dias. Senti uma diferença enorme no meu corpo, porque como a gente está sempre variando, trabalha todos os músculos. Pra mim foi uma coisa muito boa, realmente me adaptei muito bem. Eu gosto muito e não pretendo voltar pro treinamento dentro de academia. Pra mim é muito mais dinâmico, proveitoso”, completa.

           



Edição anterior (2421):
domingo, 27 de junho de 2021
Ed. 2421:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2421): domingo, 27 de junho de 2021

Ed.2421:

Compartilhe:

Voltar: