Edição anterior (2135):
segunda-feira, 14 de setembro de 2020
Ed. 2135:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2135): segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Ed.2135:

Compartilhe:

Voltar:


  Cidade

Extensão da 20ª edição do Solstício do Som começa na próxima terça

Evento terá 50 horas de transmissão on-line em cinco dias de festival

 

 Luiz Simas vai participar do evento remotamente de Nova York

A extensão da 20ª edição do Solstício do Som, Festival de Música de Petrópolis, vai começar na próxima terça-feira (15). O evento terá mais de 50 horas de transmissão on-line, por meio do canal do evento no Youtube, em cinco dias de festival.

Alguns shows vão ocorrer na Escola de Música Santa Cecília, sem público e seguindo todos os protocolos da Organização Mundial de Saúde (OMS) contra a covid-19 para músicos e produção. Também vão participar do evento remotamente artistas que nasceram ou já moraram em Petrópolis e que, atualmente, estão vivendo em outras cidades, estados ou países.

O Solstício de inverno geralmente ocorre em junho, mas neste ano devido à pandemia do novo coronavírus foi feita apenas uma maratona de lives e para valorizar o trabalho de artistas locais surgiu a ideia de fazer um evento mais amplo.

A extensão estava marcada para ocorrer no início do mês, mas precisou ser adiada. Segundo o organizador, João Felipe Verleun, o adiamento se deu devido a questões burocráticas em arcar com o valor dos cachês dos músicos e de toda a produção envolvida na organização. De acordo com ele, parte do problema foi resolvido com o apoio de patrocinadores.

“Agradecemos a todos que abraçam a ideia e tornam possível a realização da Extensão da 20ª edição do Solstício do Som. Conseguimos metade do valor com patrocínio e decidimos ir para o risco. Estamos disponibilizando uma campanha pela internet com a meta de arrecadar os R$ 10 mil que faltam para que possamos arcar com os custos totais da produção do evento”, afirmou João Felipe.

As doações podem ser feitas pelo link: https://vaka.me/1364350. O organizador lembra que o setor cultural é um dos mais prejudicados pela pandemia do novo coronavírus e que muitos músicos da cidade vivem exclusivamente da renda dos cachês das apresentações. “É importante que consigamos pagar valores justos pela participação dos artistas no festival, assim como de todos os envolvidos para que o evento aconteça”, disse.

Todas as informações sobre o evento estão sendo divulgadas na página do Facebook (https://www.facebook.com/SolsticiodoSom/) e no perfil do Instagram (https://www.instagram.com/solsticiodosom/). Devido ao cenário de incertezas com relação às questões da pandemia a programação poderá ser alterada sem aviso prévio.

Programação

Apresentação Águas do Imperador

Terça-feira (15)
17h - Sirius Hu (Soto del Real, Madrid - Espanha)
18h - RNTO (Niterói, Rio de Janeiro)
19h - Otavio Cintra (Vila Buarque, São Paulo)
20h - Almir Chiaratti (Jardim Guanabara, Rio de Janeiro)
21h – Letto (Lapa, Rio de Janeiro)
22h – Gabriel Lobo (Pedro do Rio, Petrópolis)

Quarta-feira (16)
17h - Luiz Simas (Nova Iorque, EUA)
18h – Cris Delyra (Bingen, Petrópolis)
19h - VELATURA (Jacarepaguá, Rio de Janeiro)
20h - Pedro Mhaia (Escola de Música Santa Cecília)
21h - Bruno Jordão (Boca Raton, Florida, EUA)
22h - 217 MOB ( Escola de Música Santa Cecília)

Quinta-feira (17)
16h - Homens da Montanha ( Escola de Música Santa Cecília)
17h - Taynã (Recreio, Rio de Janeiro)
18h – Balba ( Escola de Música Santa Cecília)
19h – Bernardo Passos (Flamengo, Rio de Janeiro)
20h - Belle Trio ( Escola de Música Santa Cecília)
21h - Bel Spalla (Barra, Rio de Janeiro)
22h – Bernardo Barnes (Escola de Música Santa Cecília)
23h – Iango Pomponet (Brooklin, São Paulo)

Sexta-feira (18)
14h – Sarau da Confraria da Poesia Informal – Coordenação Catarina Maul
15h - Mundico Sambeiro (Sargento Böening, Petrópolis)
16h – Fog Session (Escola de Música Santa Cecília)
17h – Uma Sey (Antibes, França)
18h - Razamanaz (Escola de Música Santa Cecília)
19h – Rodrigo Torrero (Ipanema, Rio de Janeiro)
20h – Último Sopro (Escola de Música Santa Cecília)
21h – Café Bordel Duo (Valparaíso, Petrópolis)
22h – Alma Reggae (Escola de Música Santa Cecília)
23h - Victor Mus (Méier, Rio de Janeiro)

Sábado (19)
14h – Sarau da Confraria da Poesia Informal – Coordenação Catarina Maul
15h – Bruno Romanelli (Quitandinha, Petrópolis)
16h – Hometown Blues (Escola de Música Santa Cecília)
17h - Dub Lyrio (Valparaíso, Petrópolis)
18h – Stygma (Escola de Música Santa Cecília)
19h – Pedro Leal David (Santa Teresa, Rio de Janeiro)
20h – Oniblues (Escola de Música Santa Cecília)
21h – Guido Martini (Búzios, Rio de Janeiro)
22h - Lemak (Escola de Música Santa Cecília)



Edição anterior (2135):
segunda-feira, 14 de setembro de 2020
Ed. 2135:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2135): segunda-feira, 14 de setembro de 2020

Ed.2135:

Compartilhe:

Voltar:








Rua Joaquim Moreira, 106
Centro – Petrópolis – RJ
Cep: 25600-000

ABRAJORI – Associação Brasileira dos Jornais do Interior