Edição anterior (2370):
sexta-feira, 07 de maio de 2021
Ed. 2370:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2370): sexta-feira, 07 de maio de 2021

Ed.2370:

Compartilhe:

Voltar:


  Trânsito

Falta de fiscalização deixa o trânsito de Petrópolis um caos 

Renata Almeida – especial para o Diário/Foto Alcir Aglio

 
 

A equipe do Diário percorreu alguns bairros de grande fluxo de veículos da cidade, na tarde desta quinta-feira (06/05), e constatou o grande número de irregularidades no trânsito. Carros parados em fila dupla, parados em cima da calçada, estacionados em locais proibidos, além dos caminhões descarregando mercadorias fora dos locais permitidos, em pleno Centro da cidade. Em nenhum dos pontos foi visto um agente de trânsito. Em contrapartida à falta de fiscalização, a cidade sofre também com a falta de respeito de alguns condutores, que ainda pensam que o comportamento de “Parei rapidinho e já estou saindo. É só um minutinho”,não atrapalham o fluxo do trânsito na cidade.

Por toda a extensão da Rua Washington Luiz até o fim da Rua Coronel Veiga, vários carros estacionados em cima da calçada, além de ser um ato desrespeitoso do condutor, segundo o Código de Trânsito Brasileiro, a irregularidade é uma infração grave com multa de R$ 195,23. Só no decorrer dessas duas vias, que por um longo trecho são em mão dupla - o que torna o estacionamento irregular ainda mais perigoso, pois os veículos precisam desviar do carro parado de forma irregular, “invadindo” a pista contrária, a equipe do jornal flagrou mais de 15 carros estacionados de forma proibida.

Outra via que chamou atenção da equipe foi a Rua Paulo Barbosa. O local já é conhecido por ter um movimento intenso de pedestres e veículos, e por abrigar vários pontos de ônibus, além de concentrar supermercados e bancos. Como a rua é bem larga, os veículos acabam estacionando em fila dupla causando transtornos no trânsito. Os caminhões também foram flagrados estacionados irregularmente. Por volta das 14h50, mais de 5 caminhões baú estavam descarregando mercadorias praticamente no meio da rua.

O problema do trânsito na cidade não é novidade para ninguém. E o cidadão que desejar contribuir com o município, realizando denúncias das infrações no trânsito, ficará sem resposta, pois o telefone divulgado para este serviço pela Companhia Petropolitana de Trânsito e Transporte (CPTrans), o 156 foi testado pela equipe do Diário e sem sucesso. O número não está funcionando.

Questionada pela equipe, a assessoria de comunicação da prefeitura informou que a parada para carga e descarga na cidade deve ocorrer no período compreendido entre 8h e 13h. A partir deste horário, as vagas destinadas a esse fim passam a atender ao estacionamento rotativo. Sendo que a Rua Paulo Barbosa possui algumas vagas  que são para carga e descarga o dia todo. Ainda segundo a assessoria, no período entre janeiro e abril deste ano, foram aplicadas 88 multas por infrações cometidas por estacionamento em desacordo com esta regulamentação. Foram aplicadas 595 multas por estacionamento nas calçadas neste mesmo período.

 


Edição anterior (2370):
sexta-feira, 07 de maio de 2021
Ed. 2370:

Capa

Compartilhe:

Voltar:

HOJE

Edição anterior (2370): sexta-feira, 07 de maio de 2021

Ed.2370:

Compartilhe:

Voltar: